Publicidade
Manaus
Manaus

TJAM acata denúncia do MPE contra promotor Ronaldo Andrade

A decisão é decorrente do processo movido pelo MPE/AM em relação à atuação do promotor de Justiça durante a Operação ‘Cachoeira Limpa’ que resultou na morte do empresário Fernando Araújo Pontes, o “Ferrugem”. 12/06/2012 às 13:42
Show 1
MPE acusa promotor Ronaldo Andrade de forjar troca de tiros, que resultaram na morte de uma pessoa
acritica.com Manaus

Em reunião na manhã desta terça-feira (12) o Pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) acatou a denúncia do Ministério Público do Estado (MPE/AM) contra o promotor de Justiça Ronaldo Andrade, por falsidade ideológica e fraude processual.

A decisão é decorrente do processo movido pelo MPE/AM em relação à atuação do promotor durante a Operação ‘Cachoeira Limpa’, realizada em maio de 2011, no município de Presidente Figueiredo (a 180 quilômetros de Manaus), e que resultou na morte do empresário Fernando Araújo Pontes, o “Ferrugem”.

O julgamento chegou a ser adiado por três vezes.

Seguiram o  voto da relatora,  desembargadora Carla Reis,  os desembargadores Paulo Lima, Mauro Bessa, Cláudio Roessing, Sabino Marques, Jorge Lins e o juiz convocado Airton Luiz Corrêa Gentil. Votaram pelo recebimento Domingos Jorge Chalub, Flávio Pascarelli, Aristóteles Thury e Wellington José.