Publicidade
Manaus
Manaus

Traficante da Zona Leste de Manaus é suspeito de oferecer R$ 10 mil pela morte de cabo da PM

Cabo Monteiro Filho do “Ronda no Bairro”, explicou que sua morte está sendo arquitetada por “Galo Preto” para vingar uma prisão feita pelo próprio policial militar há alguns meses 25/05/2012 às 08:02
Show 1
Suspeita é de que traficante “Galo Preto” esteja agindo por vingança
jornal a crítica Manaus

O cabo da Polícia Militar do “Ronda no Bairro”, Monteiro Filho, está sendo ameaçado há um mês por um traficante do bairro João Paulo 2, Zona Leste, conhecido como Jonas da Silva Fonseca, o “Galo Preto”. Segundo informações do cabo, o traficante pediu que pistoleiros executem o policial por uma recompensa de R$ 10 mil.

Monteiro explicou que sua morte está sendo arquitetada por “Galo Preto” para vingar uma prisão feita pelo próprio policial militar há alguns meses.

Em consulta ao site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), Jonas responde a processos criminais por tráfico de drogas e roubo. Ele também é suspeito da morte de Dionata Bentes Souza, 23, o “Galo Cego”, que era usuário de drogas do João Paulo 2 e andava na companhia de um traficante conhecido como “Emerson”.

Na manhã desta quinta (24), Monteiro disse que iria registrar um Boletim de Ocorrência em uma delegacia da cidade.

De acordo com o comandante geral da PM, coronel Amir David, o cabo terá total apoio. “O nosso setor jurídico vai averiguar por que esse suspeito está com um alvará de soltura em aberto e está ameaçando um policial”, disse.

Lista
O comandante da Polícia Militar, coronel Almir David Barbosa, destacou que o caso será investigado pelo setor de inteligência da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que tem uma lista de nomes de oficiais da corporação que estão sendo ameaçados.