Publicidade
Manaus
Manaus

Traficante é preso ao cair em igarapé de Manaus

O suspeito não sabia nadar e precisou pedir socorro e resgate da própria polícia 29/03/2012 às 15:23
Show 1
Jonny Matador foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo
Catiane Moura e Thiago Gonçalves Manaus (AM)

Uma cena inusitada marcou, na tarde desta quinta-feira (29), a prisão de um dos traficantes mais procurados pelas polícias militar e civil de Manaus. Jonas Alves dos Santos, 30 anos, conhecido como “Jonny Matador” suspeito de ter cometido vários homicídios e traficar drogas no bairro da Glória, Zona oeste, foi preso após trocar tiros com policiais civis e tentar fugir pulando o muro de algumas casas. Na tentativa de enganar a polícia o suspeito chegou a se jogar dentro de um igarapé, próximo ao Beco Vitória, mas como não sabia nadar, acabou pedindo socorro da própria polícia.

De acordo com informações do delegado adjunto do 5° Distrito Integrado de Polícia (DIP), Rodrigo Sá Barbosa, “Jonny matador” é suspeito de ter cometidos vários homicídios na Zona Oeste, parte deles, no bairro da Glória. “Nós já estávamos investigando o suspeito há algum tempo por tráfico de drogas e homicídios. Vários moradores também o denunciaram informando que o mesmo andava armado e traficando drogas pela área”, informou Rodrigo Sá.

O delegado ainda destacou que depois de uma denúncia anônima, feita na tarde de quarta-feira, avisando o paradeiro de Jonny, uma equipe de investigadores do 5° DIP foi ao local indicado. Segundo ele, os policiais foram recebidos a tiros pelo suspeito. “O mesmo fez vários disparos e tentou fugir pulando um muro. Quando avistou o igarapé tentou se jogar. Mas não sabendo nadar, pediu socorro dos policiais e foi preso”, relatou o adjunto.

O suspeito foi preso com 76 trouxinhas de pasta-base de cocaína, um revolver calibre 38 com numeração raspada e sem nenhum documento de identificação. “Nós desconfiamos que este não é o nome verdadeiro dele. Por conta disso o encaminhamos à identificação criminal”, disse o delegado.

Ainda segundo Rodrigo Sá, em relação aos homicídios, até o momento dois já foram comprovados. Mas ainda há suspeitas do envolvimento do suspeito em outros. “Vamos encaminhá-lo à Delegacia de Homicídios que ficará responsável em investigar estes crimes”, ressaltou o delegado.

Jonny Matador foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Ele vai ser encaminhado à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da cidade.