Publicidade
Manaus
DERFV

'Transformer' é preso na Zona Leste por receptação de carros e adulteração de placas

Na frente da casa onde mora, Felipe Almeida dos Santos, 24, o "Transformer", foi preso e indicou o lugar onde guardava duas motos e um carro com restrição de roubo. Prisão foi feita por policiais da Derfv na quarta-feira (17) 18/01/2018 às 19:08
Show derfv
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Felipe Almeida dos Santos, 24, conhecido como “Transformer” foi preso na frente da casa onde mora, na Comunidade São Lucas, bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus, na tarde da quarta-feira (17), por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. A operação, também batizada de 'Transformer", foi deflagrada por uma equipe de investigação da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv).

Conforme o delegado Rafael Allemand, titular da Derfv, Felipe já havia sido preso pela equipe da Derfv e estava sendo investigado há três meses por envolvimento em receptação e adulteração de sinal identificador de veículos.

Ainda segundo Allemand, o infrator confessou que comprava veículos roubados, alterava as placas deles e os revendia.

“Na tarde de ontem (17), conseguimos descobrir o endereço de Felipe. Ao chegarmos ao local, nós o encontramos em frente à residência, em posse de materiais para adulteração de sinais identificadores e alguns Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs). Durante abordagem, ele nos revelou que os veículos adulterados estavam guardados em um imóvel abandonado, no Conjunto Canaranas, bairro Cidade Nova, Zona Norte”, explicou Allemand.

No lugar indicado por Felipe, os policiais civis apreenderam duas motocicletas da marca Honda, sendo uma de cor vermelha e placa adulterada NAL-1771, e a outra motocicleta de cor azul, de placa original OAN-1654. Também foi encontrado um carro da montadora Fiat, modelo Uno, de cor vermelha e placas PHC-1255, adulteradas. Todos os veículos encontrados no local tinham restrição de roubo.

Em consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), foi verificado que o infrator já possui passagem pela polícia por receptação, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e tráfico de drogas.

Felipe foi indiciado por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Após os procedimentos cabíveis ele foi liberado para responder pelos crimes em liberdade.

Allemand ressaltou que um Inquérito Policial (IP) já foi instaurado em torno do caso. Conforme a autoridade policial, as investigações irão continuar com o objetivo de identificar as demais pessoas envolvidas no esquema criminoso, para que elas possam responder criminalmente pelos delitos cometidos.