Publicidade
Manaus
Manaus

Trânsito de Manaus: Complexo viário 28 de Março divide opinião de motoristas

Enquanto motoristas encontraram trânsito tranquilo de manhã, quem passou no local na hora do rush enfrentrou congestionamento 04/09/2014 às 09:48
Show 1
Durante parte da manhã, os motoristas ainda enfrentaram trânsito lento na região do complexo viário 28 de Março
Jornal A Crítica ---

Os primeiros dias de funcionamento do complexo viário 28 de Março, na Zona Norte, inaugurado na segunda-feira à noite, dividiu a opinião de motoristas. Enquanto quem utilizou o complexo durante boa parte da manhã encontrou trânsito tranquilo, outros condutores reclamaram que, no horário de rush, o congestionamento, comum naquela parte da cidade, continuava.

Para o administrador Carlos Alberto Serra, 42, construir viadutos não é solução para o transtorno do trânsito: tem que existir um planejamento, também. “Todos os dias faço esse percurso para ir ao trabalho no centro da cidade e sempre acontece a mesma lentidão nesse horário, hoje não está sendo diferente”, disse.

A construção proporcionou novo acesso para o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, para a área do Tarumã, Ponta Negra e facilitou o deslocamento para bairros da Zona Norte, através das avenidas Santos Dumont e Torquato Tapajós.

O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) implantou sinalização horizontal e vertical nas vias de acesso e nas alças que compõem o viaduto. Os novos itinerários proporcionados pela obra viária são orientados por placas.

Quem trafega na avenida Torquato Tapajós e quer acessar os bairros da Zona Norte, no sentido Centro/bairro, não precisa entrar nas alças subterrâneas do viaduto. Basta seguir em frente. No itinerário inverso (bairro/centro) também não há alteração.

O acesso para o aeroporto, Tarumã e Ponta Negra, no sentido centro/bairro, deve ser realizado pela pista subterrânea do complexo. O condutor deve se manter na pista da direita da avenida Torquato Tapajós.

Para quem sai da avenida Santos Dumont em direção à Torquato Tapajós, basta usar a alça da direita. Já para ir em direção à Zona Norte, é preciso usar a passagem subterrânea e seguir as placas.