Publicidade
Manaus
Manaus

Três prefeituráveis na lista de pendências eleitorais, em Manaus

O PCdoB lidera a lista dos filiados com pendências na Justiça Eleitoral, com 4.562 multas. Em segundo lugar está o PTB 07/06/2012 às 08:07
Show 1
Na lista do TSE estão o prefeito Amazonino Mendes, senador Eduardo Braga, e deputado federal Henrique Oliveira
Rosiene Carvalho Manaus (AM)

O Amazonas tem 44.138 filiados a partidos políticos na lista de devedores da Justiça Eleitoral. Entre os políticos com multas eleitorais pendentes estão nomes cogitados como candidatos à Prefeitura Municipal de Manaus, como o atual prefeito Amazonino Armando Mendes (PDT), o senador Eduardo Braga (PMDB) e o deputado federal Henrique Oliveira (PR).

Políticos com multas eleitorais pendentes não podem concorrer nas eleições. Por isso, a Justiça Eleitoral encaminha aos partidos a lista dos devedores com pendência, o que foi feito, em obediência ao calendário eleitoral, na terça-feira.

O partido político do Amazonas com maior número de devedores é o PCdoB. Tem 4.562 multas pendentes, conforme informação divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segue a lista, com o PTB que tem o segundo maior número de filiados com multas pendentes: 3.460.

O terceiro partido com maior número de políticos devedores de multas à Justiça Eleitoral, no Amazonas, é o PMDB com um total de 2.902 pendências.

O partido com menor número de multas  é o PSTU com apenas 16 filiados pendentes com a Justiça Eleitoral. O recém-criado PSD, do governador Omar Aziz, também não escapou da lista de devedores do TSE: 463 filiados têm dívidas não negociadas com o eleitoral. O penúltimo é o também recém-criado Partido da Pátria Livre (PPL) com 38 filiados com pendências.

O TSE divulga a lista aos partidos a fim de que os diretórios tenham tempo suficiente para alertar os possíveis candidatos no sentido de que os problemas sejam resolvidos. Isso porque pendências eleitorais impedem o recebimento da quitação eleitoral, que é um dos requisitos para obtenção do registro de candidatura. Em 2012, os candidatos podem pedir o registro até, no máximo, 10 de julho.

O advogado do PSDB-AM, Yuri Dantas Barroso, afirmou que nesse período os partidos avaliam a situação dos possíveis candidatos no pleito para quitar ou parcelar a dívida eleitoral. O PSDB tem, no Estado, 2.493 filiados com multas pendentes.

Yuri explicou que o número é alto, muitas vezes, porque há filiados com pendência por falta de justificativa de não comparecimento em eleições. “Mas posso garantir que Artur Neto, Arthur Bisneto e nenhum dos novos filiados, Paulo De’ Carli, Jefferson Praia, Mário Frota, estão com pendências”, disse.

A advogada do PSD, Maria Benigno, disse que o partido também analisa a lista e que, apesar de recém-criado, as multas são associadas à sigla porque alguns dos filiados já tinham pendências antes de entrarem no novo partido. “Mas, as multas podem ser quitadas ou parceladas até antes do pedido de registro”, informou.