Publicidade
Manaus
Manaus

Três prefeituráveis na lista de pendências eleitorais, em Manaus

O PCdoB lidera a lista dos filiados com pendências na Justiça Eleitoral, com 4.562 multas. Em segundo lugar está o PTB 07/06/2012 às 08:07
Show 1
Na lista do TSE estão o prefeito Amazonino Mendes, senador Eduardo Braga, e deputado federal Henrique Oliveira
Rosiene Carvalho Manaus (AM)

O Amazonas tem 44.138 filiados a partidos políticos na lista de devedores da Justiça Eleitoral. Entre os políticos com multas eleitorais pendentes estão nomes cogitados como candidatos à Prefeitura Municipal de Manaus, como o atual prefeito Amazonino Armando Mendes (PDT), o senador Eduardo Braga (PMDB) e o deputado federal Henrique Oliveira (PR).

Políticos com multas eleitorais pendentes não podem concorrer nas eleições. Por isso, a Justiça Eleitoral encaminha aos partidos a lista dos devedores com pendência, o que foi feito, em obediência ao calendário eleitoral, na terça-feira.

O partido político do Amazonas com maior número de devedores é o PCdoB. Tem 4.562 multas pendentes, conforme informação divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segue a lista, com o PTB que tem o segundo maior número de filiados com multas pendentes: 3.460.

O terceiro partido com maior número de políticos devedores de multas à Justiça Eleitoral, no Amazonas, é o PMDB com um total de 2.902 pendências.

O partido com menor número de multas  é o PSTU com apenas 16 filiados pendentes com a Justiça Eleitoral. O recém-criado PSD, do governador Omar Aziz, também não escapou da lista de devedores do TSE: 463 filiados têm dívidas não negociadas com o eleitoral. O penúltimo é o também recém-criado Partido da Pátria Livre (PPL) com 38 filiados com pendências.

O TSE divulga a lista aos partidos a fim de que os diretórios tenham tempo suficiente para alertar os possíveis candidatos no sentido de que os problemas sejam resolvidos. Isso porque pendências eleitorais impedem o recebimento da quitação eleitoral, que é um dos requisitos para obtenção do registro de candidatura. Em 2012, os candidatos podem pedir o registro até, no máximo, 10 de julho.

O advogado do PSDB-AM, Yuri Dantas Barroso, afirmou que nesse período os partidos avaliam a situação dos possíveis candidatos no pleito para quitar ou parcelar a dívida eleitoral. O PSDB tem, no Estado, 2.493 filiados com multas pendentes.

Yuri explicou que o número é alto, muitas vezes, porque há filiados com pendência por falta de justificativa de não comparecimento em eleições. “Mas posso garantir que Artur Neto, Arthur Bisneto e nenhum dos novos filiados, Paulo De’ Carli, Jefferson Praia, Mário Frota, estão com pendências”, disse.

A advogada do PSD, Maria Benigno, disse que o partido também analisa a lista e que, apesar de recém-criado, as multas são associadas à sigla porque alguns dos filiados já tinham pendências antes de entrarem no novo partido. “Mas, as multas podem ser quitadas ou parceladas até antes do pedido de registro”, informou.

Publicidade
Publicidade