Publicidade
Manaus
Manaus

Tribunal de Contas nega recurso Romeiro Mendonça e reprova contas de ex-prefeito de Jutaí

Faltou consistência nas alegações de Romeiro em relação às irregularidades encontradas na prestação de contas da Prefeitura de Presidente Figueiredo, entre elas contratações temporárias irregulares e má aplicação de recursos no município 03/05/2012 às 16:01
Show 1
O ex-prefeito do município de Presidente Figueiredo, Romeiro Mendonça, não conseguiu reverter a decisão do pleno
acritica.com Manaus

O ex-prefeito do município de Presidente Figueiredo, Romeiro Mendonça, não conseguiu reverter a decisão do pleno do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas, que reprovou suas contas, referentes ao ano de 2004. O colegiado negou o recurso impetrado pela defesa e manteve a multa de R$ 6 mil ao político na sessão desta quinta-feira (3).

Conforme o voto do relator do processo, o conselheiro convocado Mário Filho, faltou consistência nas alegações de Romeiro em relação às irregularidades encontradas na prestação de contas da Prefeitura de Presidente Figueiredo, entre elas contratações temporárias irregulares e má aplicação de recursos no município.

Na mesma sessão, o ex-prefeito do município de Jutaí, Ribamar Farias, teve as contas (do ano de 1999) reprovadas pelo colegiado. Ele foi multado em R$ 2 mil pela relatora do processo, conselheira convocada Yara Lins, pelo não pagamento de  13º salário nos anos de 1996, 1997 e 1998. O TCE encaminhou o caso Tribunal Regional do Trabalho, da 11º Região. Ao todo foram julgados pelo TCE, 21 processos.