Publicidade
Manaus
APAGÃO

Tudo que se sabe sobre o apagão que afetou Manaus na tarde desta quarta-feira (21)

Eletrobras Distribuição Amazonas afirma que 85% do fornecimento de energia elétrica foi recomposto em Manaus. Além da capital, mais três municípios do Amazonas sofreram com o apagão 21/03/2018 às 17:20 - Atualizado em 21/03/2018 às 17:21
Show whatsapp image 2018 03 21 at 15.28.17
Foto: Antônio Lima
acritica.com Manaus (AM)

Um curto-circuito no Linhão do Tucuruí, na região do Xingu, provocou a interrupção no fornecimento de energia elétrica em quatro municípios amazonenses e outras cidades das regiões Norte e Nordeste do Brasil na tarde desta quarta-feira (21). A informação foi confirmada pela direção da Eletrobras Distribuição Amazonas.

Cerca de uma hora após o início do “apagão”, às 15h50, a direção da distribuidora informou que o fornecimento de energia elétrica pelo Linhão estava reestabelecido, mas não havia previsão para a normalização total do serviço. A Eletrobras afirmou, às 16h40, em nota oficial que 85% do fornecimento de energia elétrica em Manaus já foi recomposto.

Na capital, a reportagem do Portal A Crítica identificou falta de energia nos bairros Coroado, Chapada, São Jorge, Novo Aleixo, Parque Dez, Nossa Senhora das Graças, Centro, Presidente Vargas, Armando Mendes, Cidade Nova, Praça 14, Japiim, Petrópolis, Santo Antônio, Compensa e Aparecida. Semáforos e serviço de telefonia móvel também foram afetados.

Presidente Figueiredo, Manacapuru e Iranduba foram os outros municípios amazonenses que tiveram o fornecimento de energia elétrica interrompido nesta tarde.

“No Amazonas, apenas os municípios ligados ao Linhão do Tucuruí foram afetados. Com essa situação do curto-circuito, ele derrubou em cascata o Norte e o Nordeste. Mas o Linhão já está reestabelecido. A gente já conversou com o Operador Nacional do Sistema (ONS). Como a gente está com problema de frequência, a gente vai reestabelecendo aos poucos o fornecimento, para não ter problema”, explicou o diretor da Eletrobras Amazonas Energia, Marcelo Fadoul.

Falta de água em Manaus

Com o apagão geral em todas as zonas de Manaus, a distribuição de água ficou comprometida. Isso acontece porque a energia elétrica afeta diretamente o sistema de fornecimento de água e abastecimento. "Quando acontece isso (falta de luz), é automática a falta de distribuição de água. As bombas param. Os reservatórios continuam funcionando, mas leva um tempo após o retorno da luz para que o reservatório atinja o nível suficiente para voltar a liberar água”, explicou a assessoria da Manaus Ambiental.

Mais de 22% da energia do País foi desligada durante apagão

O Operador Nacional do Sistema (ONS) informou em nota oficial que 22,5% da carga total do Sistema Interligado Nacional foi desligado durante a interrupção do fornecimento de energia elétrica que afetou as regiões Norte e Nordeste.

“Em consequência da perda de carga, entrou em funcionamento o primeiro estágio do Esquema Regional de Alívio de Carga do Sistema Sul, Sudeste e Centro-Oeste, com corte automático de consumidores, no montante de 4.200MW. Os sistemas Sul, Sudeste e Centro-Oeste ficaram desconectados do Norte e Nordeste”, diz trecho da nota.

Segundo o ONS, por volta de 16h15 (horário de Brasília), a carga nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil estava recomposta.“As equipes do ONS estão neste momento dedicadas à recomposição dos sistemas Norte e Nordeste, já em curso”, afirma o órgão.

Outros estados do Norte e Nordeste afetados

Há relatos de falta de energia elétricas em diversos estados da região Nordeste e também em outros estados do Norte, como Pará, Amapá e Tocantins. Relatos de internautas e de sites de notícias do País indicam que a queda na energia aconteceu simultaneamente, por volta das 14h50 (horário de Manaus).  A hashtag #apagao esteve entre as mais comentadas no Twitter no Brasil.

O metrô de Salvador (BA) parou de funcionar com a interrupção no fornecimento de energia elétrica. No Rio Grande do Norte, os 167 municípios foram atingidos com o apagão.

E a internet, claro, perdeu a energia mas não perdeu a piada

 

Publicidade
Publicidade