Publicidade
Manaus
HOSPITALIZADO

Turista norte-americano esfaqueado no Centro de Manaus tem quadro estável

Hoje, mais três suspeitos do crime, dois adolescentes e uma mulher, foram detidos. Uma travesti também suspeita foi presa ontem 17/05/2017 às 13:04 - Atualizado em 17/05/2017 às 13:49
Show 16300448 10155244628784123 899465050049186276 o
Foto: Reprodução/Facebook
Vinicius Leal Manaus (AM)

O turista norte-americano Curtis Atkisson, de 29 anos, que foi esfaqueado no tórax durante um assalto no Centro de Manaus na madrugada de ontem, terça-feira (16), está com quadro estável no Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul da capital.

Curtis passou por procedimento de drenagem do sangue, fez exame sanguíneo e de imagens e, nesta quarta-feira (17), está no setor de observação da enfermaria, lúcido e orientado, conforme informaram Secretaria de Estado de Saúde (Susam) e a assessoria de imprensa do hospital.

O ferimento ocorreu na região do tórax próximo ao pulmão esquerdo, mas nenhum órgão foi atingido ou afetado, conforme informou o Hospital 28 de Agosto. Curtis chegou à unidade hospitalar logo após o crime, depois de ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Curtis é natural da cidade de Lake Ozark, localizada no estado de Missouri, Condado de Camden e Miller, nos Estados Unidos. Atualmente ele trabalha como professor na Universidade da Califórnia, localizada na cidade de Davis.


Dois adolescentes e Alessandra Marques dos Santos, 21 (Foto: Divulgação)

Latrocínio tentado

Curtis foi esfaqueado na madrugada de ontem quando andava pela avenida Getúlio Vargas, no Centro da capital, próximo à Sorveteria Glacial. Ele foi abordado por quatro pessoas, dois adolescentes de 15 e 17 anos, uma mulher de 21 anos e uma travesti de 22 anos. Todos foram capturados pela polícia.

Em imagens gravadas por um cinegrafista amador, é possível perceber o turista atravessando do meio-fio da av. Getúlio Vargas para a calçada no sentido bairro/Centro. Logo após os quatro infratores o cercam por trás e pela frente e cometem o crime. Dele foram levados um celular e R$ 100.

Todos presos

A primeira suspeita do crime a ser presta foi a travesti com nome de nascimento Wandrey Pinheiro da Silva, 22. Ela foi presa horas depois do crime, ainda na madrugada de terça (16). O caso foi registrado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Hoje, quarta-feira (17), outros três suspeitos do crime foram detidos: dois adolescentes de 15 e 17 anos e uma mulher identificada como Alessandra Marques dos Santos, 21. Eles três também foram capturados na av. Getúlio Vargas por policiais militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Segundo os policiais, os três foram reconhecidos a partir do vídeo de cinegrafista amador noticiado na imprensa. De acordo com a polícia, os dois adolescentes confessaram o crime e foram levados à Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Deaai). A mulher foi levada ao 1º DIP.

*Colaborou a repórter Dani Brito