Publicidade
Manaus
Envelhecimento com qualidade

Universidade da Terceira Idade do Amazonas lança programa que ensina como envelhecer com saúde

Programa quer mostrar para as pessoas por meio de palestras e pesquisas que é possível chegar bem à terceira idade ou idade tardia 04/04/2012 às 10:32
Show 1
Lançamento da campanha, nessa terça-feira, no Palácio Rio Negro, teve a presença do médico Euler Ribeiro, Dom Luiz Soares e ex-senador Bernardo Cabral
Jornal A Crítica Manaus

A campanha para conscientizar à população sobre o processo de envelhecimento com saúde foi lançada na manhã de ontem, no salão Solimões, anexo do Palácio Rio Negro, Centro. Nos próximos meses, várias escolas, centros sociais e da terceira idade receberão ações desse projeto de pesquisa por meio de palestras. O tema será “Marcadores sociais de envelhecimento e qualidade de vida do futuro idoso da cidade de Manaus”. A iniciativa é da Universidade Aberta da Terceira Idade (Unati), da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), que funciona no terceiro andar da Faculdade de Medicina, na Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus.

De acordo com o médico Euler Esteves Ribeiro, o projeto vai em busca de casos de envelhecimento na população amazonense. Começará este mês e se estenderá até 2013. “Técnicos da Unati realizarão reuniões e um trabalho de divulgação à sociedade, visando a avaliação da qualidade de vida dos nossos idosos, para que eles possam envelhecer com qualidade e possamos fazer intervenções onde está realmente o problema”, ressaltou.

 O projeto contempla também visitas a escolas de ensino fundamental para treinar professores. “Objetivo é que eles ensinem às crianças que é possível chegar à velhice com saúde. Assim evitaremos idosos doentes”, diz Euler.

Conforme o médico, que é diretor da Unati, a campanha será trabalhada a partir da conscientização da sociedade sobre a prática de hábitos mais saudáveis. “Para envelhecer com qualidade é necessário uma boa alimentação, prática de exercícios físicos, fugir do estresse e dormir bem, pelo menos seis horas por dia. Essas são apenas algumas medidas que fazem a diferença no decorrer do tempo e que a partir de agora se tornam tema para uma série de livretos publicados durante a campanha”, explicou.

 Euler Ribeiro recomenda à população valorizar os alimentos regionais. “O jaraqui é rico em Ômega 3 (gordura boa, importante para o bom funcionamento do organismo humano) igual ao salmão. Comer tucumã, banana e beber açaí, buriti, guaraná, ajudam a envelhecer com qualidade”, ensina o médico, acrescentando também, que o município de Maués (a 267 quilômetros de Manaus), é exemplo de longevidade que coloca em prática esses hábitos.

 O evento do lançamento da campanha, contou com a participação do ex-senador Bernardo Cabral. "Bernardo fez a apresentação da campanha, porque é um homem que nasceu na floresta, é jurista, foi responsável por relatar a Constituição de 1988 e é um exemplo de homem da floresta que soube envelhecer", afirmou o diretor da Unati, doutor Euler Esteves Ribeiro.

Segundo o censo demográfico de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), somente em Manaus, vivem 108 mil idosos, o que representa 51,38 por cento das 210,2 mil pessoas com mais de 60 anos de idade no Amazonas.

Conforme o portal do envelhecimento, cerca de 1 milhão de pessoas cruza a barreira dos 60 anos de idade, a cada mês, em todo o mundo e que até 2025, a população idosa mundial crescerá 2,4% ao ano, contra 1,3% de crescimento anual da população terrestre em sua totalidade.

Em busca por uma vida mais saudável o caminhoneiro e aluno da Unati, João Domingos, 62, já participa das atividades há quatro anos. Segundo ele, a medida foi tomada para fugir do sedentarismo, principal vilão do idoso. “A campanha enfatiza que para envelhecer bem, você precisa se conscientizar hoje e por isso, estou fazendo a minha parte”, disse.