Publicidade
Manaus
GÁS NATURAL

Uso do gás natural em indústrias e comércios de Manaus tem alta de 10%

O gás natural pode ser usado para assar, cozinhar e manter alimentos aquecidos em bandejas térmicas. Para isso, basta converter fornos, fogões e queimadores. Através de aquecedores de passagem ou boilers, o gás produz água quente nas torneiras, o que facilita na hora de desengordurar objetos 14/04/2016 às 16:12
Show 3aa4bc40 371f 4e5d 956a 789f09bcc8c7
Atualmente, a Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) comercializa o combustível para 34 indústrias, cinco postos, um shopping, um hotel e uma lavanderia industrial (Foto: Divulgação)
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Alternativa durante a crise, o consumo de gás natural por indústrias, comércios e postos de Manaus aumentou 10% em março, em comparação com mesmo mês em 2015, e 3,2% quando comparado a fevereiro deste ano. Atualmente, a Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) comercializa o combustível para 34 indústrias, cinco postos, um shopping, um hotel e uma lavanderia industrial.

No total, o segmento não-térmico atendido pela distribuidora consumiu 93.270 m³/dia em março, sendo 77.927 m³/dia destinados a indústria, 14.678 m³/dia aos postos de combustíveis e 665 m³/dia a estabelecimentos comerciais. Para o diretor técnico comercial da Cigás, Clovis Correia Junior, o aumento no consumo do combustível é reflexo da importância do gás natural enquanto fator econômico.

“Vivemos um momento de contensão de gastos e muita cautela nos diferentes setores da economia. E o gás natural, que é até 40% mais econômico que outros combustíveis, está consolidado como alternativa na atual crise. O aumento no consumo do gás é sinal da mudança gradativa na matriz energética do Estado”, avaliou o diretor.

Atualmente, a Cigás atende as seguintes indústrias: Ambev, Bike Norte, Carboman, Ceras Johnson, Climazon, Coca-Cola, DDW, Fitas Flax, Keihin, Metalfino, Moto Honda, Honda- HCA, Neotec, Novamed, Nissin Brake, Procoating, Saint-Gobain, Samsung, Videolar, Yamaha, Videolar IV, Eternit, Universal, Sato, Ripasa, Hevi, Daido, Daikin, FCC do Brasil, Showa, Sodécia, Metalsete, Caloi e Corprint.

Além das indústrias e dos cinco postos, o gás natural também é utilizado no Shopping Ponta Negra, zona oeste de Manaus, na lavanderia industrial Lava Seca e Passa, no Distrito Industrial, e no Hotel Holiday Inn, zona sul. Nessas empresas, o combustível possui diferentes aplicações: uso em caldeiras, fornos, geradores, refeitórios, fornos, estufas, dentro outras funções.

Benefícios

O gás natural pode ser usado para assar, cozinhar e manter alimentos aquecidos em bandejas térmicas. Para isso, basta converter fornos, fogões e queimadores. Através de aquecedores de passagem ou boilers, o gás produz água quente nas torneiras, o que facilita na hora de desengordurar objetos. O uso do combustível também reduz o risco de armazenagem de GLP e dispensa as operações de reabastecimento com caminhões.

Por ter uma queima limpa, o combustível não emite particulado e também reduz significativamente as paradas para limpeza, o que representa ganhos de operação e manutenção. Tudo isso sem contar os ganhos de qualidade: devido à composição química, o gás natural alcança curvas de temperatura ideais e garante elevados padrões de qualidade, proporcionando mais competitividade ao produto final.

*Com informações da assessoria de imprensa