Publicidade
Manaus
Manaus

Verba do 14º salário dos vereadores pode bancar creches em Manaus

Recursos no valor de R$ 2,3 milhões pagos a vereadores garantiriam a construção de sete unidades básicas de saúde 12/01/2013 às 09:25
Show 1
Membros da mesa diretora da CMM
Lúcio Pinheiro ---

Se os 39 dos 41 vereadores de Manaus não mudarem de posição e continuarem aceitando nas suas contas correntes o depósito de um salário extra a cada início de ano, conhecido como ‘auxílio paletó’, ao final do mandato de quatro anos, terão embolsado uma quantia de R$ 2,3 milhões.

O dinheiro recebido pelos vereadores como ‘auxílio paletó’ daria para construir uma creche a cada quatro anos, e ainda sobraria R$ 300 mil. Manaus tem, atualmente, apenas uma creche pública, Eliana de Freitas Rocha, localizada na rua 16 de Agosto, no bairro Riacho Doce 3, Zona Norte da cidade.

O ex-prefeito Amazonino Mendes (PDT) assinou, no último ano de mandato (2012), um termo de compromisso com o Ministério da Educação para construir 60 creches em Manaus. O custo total das creches e pré-escola foi orçado em R$ 120 milhões. Média de R$ 2 milhões por cada obra.

Aplicados na área da saúde, os R$ 2,3 milhões pagos como ‘auxílio paletó’, em quatro anos, seriam suficientes para construir sete “Casonas da Saúde”, como são popularmente conhecidas as Unidades Básicas da Saúde da Família (UBSF).

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).