Publicidade
Manaus
Manaus

Vereador Leonel Feitosa desiste de candidatura à reeleição no AM

Atual líder do prefeito do AM com maior número de mandatos consecutivos da Câmara Municipal de Manaus afirma que não disputará a reeleição 18/09/2012 às 07:41
Show 1
Leonel Feitoza é vereador desde 1989. Na CMM, acumulou seis mandatos
JORNAL ACRÍTICA ---

O atual líder do prefeito Amazonino Mendes (PDT), na Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Leonel Feitoza (PSD), confirmou nesta segunda-feira (18), que desistiu de disputar a reeleição.

Vereador com mais mandatos seguidos na casa legislativa, Leonel Feitoza disse que já deu sua contribuição à cidade ao longo desses seis mandatos como vereador. Ele ocupa uma cadeira na CMM desde 1989.

Leonel Feitoza disse que voltará a atuar na Defensoria  do Estado, órgão no qual é defensor público concursado. Afirmou que não descarta seu retorno à política na eleição de 2014 quando poderá concorrer a uma vaga de deputado estadual.

“Eu sou defensor público. Vou continuar o meu trabalho na Defensoria Pública do Estado do Amazonas. Estou na Defensoria Pública há mais de 30 anos. Não é que eu não queira mais ser vereador é que entendo que nesses seis mandatos (24 anos como vereador), procurei fazer o melhor pela cidade. Entendo que a minha participação na Câmara Municipal que me acolheu tão bem, acho que tive uma participação com grandes propostas e lutas”, afirmou Leonel Feitoza.

Questionado se aspira uma vaga de conselheiro no  Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), Leonel Feitoza respondeu que: “Não nunca foi cogitado isso. Sou defensor público há 30 anos. O futuro a Deus pertence, mas posso disputar a eleição para deputado em 2014”.

Ao longo dos 24 anos em atua na Câmara Municipal de Manaus o vereador apresentou vários projetos de lei como o que cria o programa municipal para exame de DNA, outro que disciplina a aplicação de 30% do Imposto Predial, Territorial Urbano (IPTU) no bairro onde o mesmo é arrecadado, além do projeto que obriga prédios e locais públicos a terem rampas de acesso a deficientes.  Ele também já presidiu a CMM.