Publicidade
Manaus
Sucessão presidência CMM

Vereadores anunciam pré-candidaturas à presidência da Câmara Municipal de Manaus

Vereadores anunciam estarem na disputa pela presidência da Casa que deve acontecer em janeiro de 2013 31/10/2012 às 07:35
Show 1
São pré-candidatos a presidente: Mário Frota, Wilker Barreto e Isaac Tayah
Augusto Costa Manaus

Os vereadores Mário Frota (PSDB) e Wilker Barreto (PHS) manifestaram a intenção, nessa terça-feira (30), de disputar a eleição para a presidência da Câmara Municipal de Manaus (CMM). A escolha dos membros da Mesa Diretora da casa legislativa, para os próximos dois anos, está prevista para a primeira semana de janeiro, após a posse do prefeito eleito Artur Neto (PSDB).

 Do mesmo partido de Artur, Mário Frota disse que irá reunir com o prefeito eleito, nós próximos dias, para pedir apoio dele. “Agora sou candidato e espero contar com o apoio do prefeito Artur Neto. Temos uma história juntas no passado contra a ditadura. Estou deixando a poeira baixar para conversar com ele. Vou fazer uma exposição desse assunto”, disse Mário Frota.

O vereador disse que já conversou com dez vereadores, entre parlamentares eleitos e reeleitos. “Não posso ser candidato de mim mesmo. Tenho que ser candidato de um grupo e do prefeito que vai ter uma liderança muito grande nessa casa”, informou o parlamentar.

 Ele afirmou que, caso seja eleito presidente da CMM, pretende resgatar a dignidade do parlamento municipal e modernizar os equipamentos de informática. “Temos computadores antigos que devem ser renovados. Também pretendo implantar a TV Câmara aberta para que a população saiba em tempo real que estamos discutindo temas importantes da cidade. Os últimos presidentes da Casa não honraram os compromissos com os funcionários que foram tratados com desprezo”, disparou Frota.

Wilker Barreto, que é do grupo do atual prefeito Amazonino Mendes (PDT), também afirmou que pretende disputar a eleição. “Estou no segundo mandato e já passei pelo crivo da reeleição. Eu posso deixar à disposição da casa e do futuro prefeito, mais um nome. Vou conversar com o prefeito, com os vereadores e amigos. Coloco o meu nome à disposição”, disse o vereador.

A reportagem de A CRÍTICA tentou falar com o prefeito eleito Artur Neto, mas a sua assessoria disse que ele não iria se pronunciar sobre o assunto. O prefeito eleito informou que ainda é cedo para tratar de presidência da CMM que seria um assunto da casa legislativa.