Publicidade
Manaus
Manaus

Vereadores da Câmara Municipal de Manaus reclamam de salários

"Comparado ao salário mínimo, é um grande salário. Mas comparado a poderes, é um dos menores salários do País" disse Wilker Barreto, que fez um discurso sobre o tema e foi apoiado por colegas 15/08/2012 às 11:21
Show 1
Responsável pelo debate, Wilker Barreto se disse injustiçado com as críticas vindas da sociedade. Para ele, a população também é responsável pela produtividade do vereador que elegeu
acritica.com Manaus

Um dia após a divulgação nominal das remunerações pagas pela Câmara Municipal de Manaus, vereadores da Casa aproveitaram a sessão plenária desta quarta-feira (15) para reclamar do salário que eles ganham.

"Comparado ao salário mínimo, é um grande salário. Mas comparado a poderes, é um dos menores salários do País",  disse Wilker Barreto, que fez um discurso sobre o tema e foi apoiado por diversos colegas.

O petista Waldemir José, que afirmou ser vereador em tempo integral, lembrou que o parlamentar também é um funcionário público. "E que por isso o tema (salário) precisa ser amplamente debatido".

"Não tenho outra atividade econômica, pago meus impostos e ainda divido uma parte dos meus vencimentos com o partido. Acho injusto que a imprensa distorça as informações quanto às nossas atividades e salários", comentou.

Responsável pelo debate, Wilker Barreto se disse injustiçado com as críticas vindas da sociedade. Para ele, a população também é responsável pela produtividade do vereador que elegeu.

"Vamos tirar o fardo somente das costas dos políticos. O povo precisa parar de encarar as eleições como mais um feriado. O eleitor é tão responsável quanto nós políticos", ressaltou, propondo que ao fim do período eleitoral a Casa implemente uma fórmula de mostrar de  que forma efetiva o trabalho feitos pelos vereadores.

Seguindo o discurso, Elói Abreu (PTN) disse que se sente atacado e perseguido "como um ladrão." "E não é assim", garantiu. De acordo com Abreu, a remuneração pode sim ser considerada baixa, já que os vereadores trabalham 'duro' durante os quatro anos em que estão no cargo.

"Estamos nas ruas, fiscalizando as coisas públicas. As pessoas não têm essas informações e fazem discursos infundados", enfatizou.

Função

"Nosso papel é legislar e não distribuir ranchos. Quem não pode com o pote não segura na 'rudilha'. É preciso entender que a figura do político está desacreditada, frente aos exemplos de corrupção na classe. Não nos cabe aos 45 minutos do segundo tempo realizar discursos nos fazendo de coitadinhos junto à população", se opôs ao debate o vereador Fabrício Lima (PRTB).

O parlamentar defendeu que antes do debate quanto aos vencimentos na Casa, os vereadores devem modificar sua postura quanto à produção de bons projetos.

A Câmara Municipal de Manaus divulgou em seu site a lista nominal de todos os salários pagos pelo Poder.