Publicidade
Manaus
Manaus

Vereadores eleitos no AM se dividem na hora de apoiar prefeituráveis no segundo turno

Dos 41 vereadores eleitos neste domingo (07), 19 tendem a apoiar Vanessa Grazziottin e 15 o tucano Artur Neto. Sete estão em cima do ‘muro’ 08/10/2012 às 07:22
Show 1
Reizo Castelo Branco e Álvaro Campelo tiveram o maior número de votos
Gerson Severo Dantas ---

O candidato da  coligação “O Futuro é agora”, Artur Neto (PSDB/PPS) venceu o primeiro turno com mais de 20% de votos sobre a candidata da coligação “Melhor para Manaus”, Vanessa Grazziotin (PCdoB, PP, PT, PMDB, PSD, PSL, PV e PTN), mas ficou atrás dela na composição da Câmara Municipal de Manaus, que no próximo ano terá 41 vereadores. Destes, 19 tendem a pedir votos para Vanessa, contra 15 que são mais chegados ao tucano. Em cima do muro estão sete vereadores.

As urnas renovaram significativamente a CMM e dos 33 vereadores que foram em busca da reeleição, apenas 18 obtiveram sucesso. Como a Casa será composta pela primeira vez por 41 membros, teremos 23 novas caras na política municipal.

Os que devem apoiar Artur foram eleitos pelas coligações “Manaus nossa responsabilidade” (PRP, PDT, PRTB, PHS e PPL), que fez sete vereadores; e “Agora somos nós e o povo” (PSB/PSOL), que elegeu dois vereadores. Artur contará também com os eleitos pelo PSDB (4) e PPS (2).

Vanessa parte com o apoio dos vereadores eleitos pelas coligações “Melhor para Manaus 1” (PP, PSD e PCdoB), que conquistou sete cadeiras na CMM; “Melhor para Manaus 2” (PMDB/PSL), com dois eleitos; e “Manaus pra frente 1”, com um vereador. A comunista também terá apoio de partidos que integram a coligação principal dela, como o PTN, que fez cinco vereadores; PT (3) e PV (1).

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).