Publicidade
Manaus
Cotidiano, Trânsito, complexo viário São José

Viaduto recém inaugurado em Manaus transfere fluxo de veículos para outra rotatória

Gargalo no trânsito do Complexo Viário José Augusto Veiga Soares passou para a Bola da Samsung 03/03/2012 às 10:00
Show 1
Relatório com análise do fluxo de veículos no novo complexo viário deve ficar pronto ainda neste mês
Carolina Silva Manaus

Mesmo sem ter especialidade em engenharia de trânsito, motoristas que costumam trafegar pela Zona Leste constataram, nessa sexta-feira (2), o que já previam: o congestionamento que antes era o gargalo da rotatória do São José, na Zona Leste de Manaus, foi transferido para as proximidades da rotatória do bairro Armando Mendes, conhecida também como Bola da Samsung, situada a cerca de dois quilômetros de distância.

No primeiro dia após a inauguração do Complexo Viário Engenheiro José Augusto Veiga Soares, no bairro São José, que ocorreu na última quinta-feira (1º) à noite, o trânsito no local apresentava um novo cenário: o de fluidez.

Na manhã dessa sexta-feira, a reportagem de A Crítica sobrevoou o novo complexo e constatou a melhoria no fluxo de veículos naquela área.

“Nesse primeiro dia, depois da inauguração do Complexo São José, já vimos que providências precisam ser tomadas para garantir o fluxo em todo o seu entorno. Não adianta ‘tapar o sol com a peneira’, é preciso avaliar a fluidez como um todo”, argumentou o empresário Alberto Gonçalves, 41.

Longas fileiras de carros se formavam nas proximidades da Bola da Samsung, que liga as avenidas Autaz Mirim, Buriti e Puraquequara, por volta de 7h.

Motoristas apontaram que um projeto deve ser elaborado para eliminar os transtornos na rotatória para não comprometer a fluidez no complexo. A situação do “novo gargalo” é semelhante à vivenciada por motoristas que trafegam pelo Complexo Viário Gilberto Mestrinho, no Coroado, principalmente para quem sai das avenidas Autaz Mirim e Cosme Ferreira, no sentido bairro Armando Mendes e Distrito Industrial.

Proximidade
Por volta de 7h, já considerado horário de pico no trânsito das avenidas Autaz Mirim e Cosme Ferreira, que são ligadas pelo ao complexo viário, o fluxo de veículos ocorria sem transtornos.

“Antes, nesse horário, aquela área já estava tomada pelo caos. Mas hoje ainda é o primeiro dia e quem passa aqui diariamente espera que essa fluidez continue assim”, avaliou o auxiliar administrativo Jonas Andrade, 27, sobre as mudanças do ocorridas com a inauguração do novo complexo.

O taxista Rodinei Oliveira, 44, também reconheceu a melhoria no fluxo de veículos no local. Para ele, depois de muito tempo lidando com o estresse dos congestionamentos, os percursos para aquela área deverão serão mais tranquilos a partir de agora.

“Não só a gente que dirige se estressava com o engarrafamento, mas os clientes também se irritavam”, disse.

Estudos
O Instituto Municipal de Fiscalização e Engenharia de Trânsito (Manaustrans), irá divulgar, na segunda quinzena de março, o resultado da análise do fluxo de veículos sendo feita no Complexo Viário do São José.

De acordo com o Manaustrans, a pesquisa do tráfego iniciou nesta sexta-feira (2).

O resultado irá apontar, com dados técnicos, a quantidade de veículos que passam no local e a nova dinâmica no trânsito a partir da inauguração das novas vias.

Com base em análises preliminares avaliadas, o Instituto afirma que, até o momento, o complexo está correspondendo ao que foi planejado, isto é, à fluidez no tráfego de veículos.

Além disso, o Manaustrans informou ainda que irá manter, nos próximos dias, oito agentes de trânsito nas vias do Complexo Engenheiro Luiz Augusto Veiga Soares para orientar motoristas e pedestres que passam pelo local.

Pedestres
O prefeito Amazonino Mendes (PT) anunciou a construção de duas passarelas nas proximidades do Complexo Viário Engenheiro Luiz Augusto Veiga Soares durante a inauguração da obra.

Um será em frente à maternidade Ana Braga, na avenida Cosme Ferreira (Grande Circular) e a outra, em frente ao Terminal de Ônibus 5, na mesma via.

O sub-secretário municipal de Infraestrutura (Seminf), Sérvio Túlio, também garantiu que as ruas adjacentes serão recapeadas.