Publicidade
Manaus
Manaus

Vice-prefeito de Manaus anuncia mutirão de limpeza em todas as feiras da cidade

Segundo Hissa Abrahão, o município passa por dificuldades orçamentárias e não tem como realizar as reformas exigidas por falta de recursos 26/02/2013 às 08:46
Show 1
Limpeza geral foi a primeira realizada na feira modelo da Compensa em mais de oito anos. A ação agradou os feirantes
florêncio mesquita ---


As feiras de Manaus receberão um mutirão de limpeza e manutenção de serviços básicos porque a Prefeitura de Manaus ainda não tem como fazer grandes reformas. A ação começou nesta segunda-feira (25) pela feira modelo do bairro Compensa, na Zona Oeste. Segundo o secretário municipal de Infraestrutura e Habitação, Hissa Abrahão, o município passa por dificuldades orçamentárias e não tem como realizar as reformas exigidas por falta de recursos.

Para contornar a situação, Hissa explica que a prefeitura realizará os mutirões de limpeza para ser uma alternativa até que haja como fazer intervenções maiores. Ele ressalta que grande parte das feiras da cidade precisa de reformas completas porque nunca receberam nenhum reparo desde que foram inauguradas.

Entre as medidas para amenizar a necessidade de reformas nas feiras, a prefeitura levará para a parte interna dos locais serviços como, por exemplo, lavagem do piso, dedetização e desratização, além de recuperação de drenagem de esgoto, reparos em boxes de feirantes e na iluminação. No entorno das feiras, serão feitos operação tapa-buraco, asfaltamento do estacionamento frontal da feira, sinalização horizontal e vertical, além da implantação da faixa de pedestres e instalação de rampas de acesso.

Modelo

Todos os serviços do mutirão foram feitos nesta segunda-feira (25) mesmo na feira do bairro da Compensa. Conforme Hissa Abrahão, embora não haja data definida ou um cronograma, todas as feiras da cidade devem receber o mesmo serviço. “Será uma operação modelo que vamos levar para toda a cidade. Temos quatro anos para isso”, disse.

A limpeza foi feita pela Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) e Produção e Abastecimento (Sempab). A operação tapa-buraco, reparos na iluminação, entre outros, foi realizado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação (Seminf), que iniciou a ação. A sinalização de trânsito ficou a cargo do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

Os feirantes aprovaram a ação de limpeza desta segunda-feira.

Frente a Frente

Secretário de Infraestrutura, Hissa Abrahão: Merecem reforma’

“É óbvio que muitas feiras merecem uma reforma de grande vulto e que  exige recursos a mais. A prefeitura, porém, ainda sofre problemas de orçamento e incapacidade financeira. Então  o que estamos fazendo é limpar as feiras e fazer dedetização, desratização, tirando as teias de aranhas das telhas, limpando piso, ajeitando iluminação, asfalto, enfim, um serviço completo. Se duas vezes ao ano fosse feito esse tipo de serviço que estamos fazendo agora, na feira modelo da Compensa, ela não estaria como está hoje porque há 15 anos não sofre nenhuma intervenção desse tipo, nenhuma reforma, pequeno reparo ou limpeza.  A ideia é que com o tempo a gente consiga reformar mesmo, pintar tudo, trocar o piso, telhas, mas  por enquanto em virtude da incapacidade financeira não podemos fazer algo maior”.

Feirante na Compensa, Raimundo Avelino: ‘Limpeza faz bem’

“Tem gente que trabalha nessa feira desde que ela foi inaugurada e nunca viu nenhuma reforma ou limpeza nela. Pelo tempo que tenho aqui, que são mais de oito anos, é a primeira vez que vejo a prefeitura entrar na feira e fazer alguma coisa por aqui mesmo ficando tão próxima da sede dela. Colocaram asfalto, lavaram a feira toda e colocaram até veneno para rato. Sempre dedetizo meu box, mas tem gente que não faz o mesmo e os ratos surgem. O mutirão é bom para nós feirantes e para os clientes que vendo um ambiente melhor vão querer vir à feira mais vezes. A feira  não devia ter a imagem de um lugar sujo e com rato.  Se essa ação se repetir, pelo menos, duas vezes a cada seis meses a feira não estaria precisando de reforma hoje.  Tomara que essa limpeza não seja só essa vez. Se continuar vai ser muito bom”.