Publicidade
Manaus
Manaus

Vigilante é preso por estuprar filho, na Zona Leste de Manaus

Em uma sessão onde a criança foi somente com a mãe, ele confessou que o pai era autor da violência sexual. O pedido de prisão preventiva foi decretado no fim da tarde da última sexta-feira (20). 21/07/2012 às 17:49
Show 1
Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA)
acritica.com Manaus

O vigilante Aurélio Garcino de Oliveira, 55, foi preso na tarde deste sábado (21) pelo crime de estupro contra o filho de 12 anos, no dia 30 de junho, na residência da família, localizada no bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus.

Segundo o primeiro depoimento registrado na delegacia um dia após o ato, o pai teria visto marcas de sangue no chão da cozinha e perguntou do filho o que teria acontecido e em seguida encaminhado à criança com a irmã, ao Hospital Pronto Socorro Platão Araújo, onde foi confirmada a violência sexual.

O garoto relatou que teria sido levado por um homem encapuzado até uma casa abandonada próxima de onde mora e lá teria sido abusado. Segundo o Delegado Plantonista Rafael Guevara, durante as sessões com a psicóloga, o pai se mostrou muito nervoso e o que levantou suspeita sobre a autoria do crime.

Em uma sessão onde a criança foi somente com a mãe, ele confessou que o pai era autor da violência sexual. O pedido de prisão preventiva foi decretado no fim da tarde da última sexta-feira (20), pela juíza plantonista Patrícia Macedo de Campos.

Aurélio foi preso na avenida Buriti, bairro do Distrito industrial, zona Sul, onde se encontrava trabalhando em uma fábrica. O vigilante será conduzido para fazer o exame de corpo de delito e será encaminhado a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, neste domingo (22).