Publicidade
Manaus
Manaus

‘Vou votar no Artur’, declara Amazonino Mendes

O atual prefeito de Manaus disse que se manteve fora da disputa eleitoral, mas assumiu que vota no candidato à prefeitura Artur Neto. Ele falou sobre boatos que davam conta de sua morte e criticou a presidente Dilma   28/10/2012 às 10:05
Show 1
Amazonino votou e se posicionou a favor de Artur
Leandro Tapajós Manaus

O prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (PDT), votou por volta das 08h30 deste domingo (28), na sede da Secretaria do Estado da Fazenda (Sefaz), na Zona Centro-Sul de Manaus. Durante entrevista concedida à rádio Nova A Crítica FM, ele declarou seu voto, criticou a postura da presidente Dilma e falou sobre boatos de que ele havia morrido.

Mendes disse que se manteve fora da disputa eleitoral, evitando declarar abertamente apoio a candidatos que disputam o pleito, mas assumiu que vota no candidato a prefeitura Artur Neto (PSDB).   

“Manaus está dizendo não a prepotência a soberba. Eu to olhando de longe, não participei de campanha, de eleição. Estou olhando e vendo de longe (...)Peço a Deus que o novo prefeito de Manaus tenha mais apoio, mais compreensão, para ele se livrar dos boatos das mentiras das armadilhas. É muito difícil administrar uma cidade como Manaus (...) Voto no Artur”, revelou.  

Na noite anterior, publicações de blogs circularam nas redes sociais confirmando a morte do prefeito.  Mendes passou por cirurgias e um período de internação durante os últimos meses.

Dilma

O prefeito criticou a presidente Dilma ao declarar que teve dificuldades para conseguir a liberação de verbas durante sua gestão.

“A presidente Dilma nunca me recebeu, some recebei na época da eleição. Eu faço votos que o novo prefeito não enfrente isso. Emendas parlamentares não foram pagas. A gente passa meses e meses e vamos ter que adular uma série de senadores. Isso tudo são coisas que acontecem e temos que ser sábios para aprender com isso. Acho que Manaus vai dar uma lição linda no dia de hoje”, disse Mendes.