Publicidade
Parintins
CARREATA

Torcedores do Caprichoso comemoram com carreata vitória no 52º Festival de Parintins

Eles saíram do Curral Zeca Xibelão por volta de 14h30 e seguiram por pontos centrais da Ilha Tupinambarana como a avenida Amazonas 03/07/2017 às 16:08 - Atualizado em 03/07/2017 às 16:44
Paulo André Nunes Parintins (AM)

Milhares de torcedores do Boi-Bumbá Caprichoso foram às ruas de Parintins na tarde desta segunda-feira (3) comemorar a vitória do Touro Negro no 52º Festival Folclórico de Parintins. Eles saíram do Curral Zeca Xibelão em carreata por volta de 14h30 e seguiram por pontos centrais da Ilha Tupinambarana, como a avenida Amazonas, até chegar ao Bumbódromo.

A universitária parintinense Ana Cristina, de 21 anos, também extravasou de emoção pelo título de campeão. “Essa conquista era muito esperada por nós, pois o contrário falava que o título seria deles e que já estava certo. Nós vencemos”, comentou ela, correndo de um lado para o outro para fotografar a carreata da vitória.

Para a universitária, o momento mais emocionante da apresentação do Touro Negro da Francesa foi na terceira e última noite, neste domingo (2). “O momento da Nossa Senhora do Carmo foi o mais marcante para mim na vitória do Caprichoso”, completou ela.

E é claro que os mais experientes também se emcionaram com as conquistas do Boi Caprichoso. O aposentado Valdir Tavares da Silva, de 70 anos, sócio do boi-bumbá, participou da carreata usando um chapéu da Marujada de Guerra que homenageava a santa padroeira Nossa Senhora do Carmo.

“Uma das melhores coisas que existem no Festival de Parintins é essa festa da vitória. É muito bonito”, declarou ele, que assistiu uma das três noites do evento nas cadeiras do Bumbódromo, e as outras duas em casa. “A vitória foi suficiente. Não precisávamos ter ganhado de mais pontos”, brincou ele.

O torcedor Wilker Laureano acompanhou o início da festa com a namorada Márcia Pereira partindo do Curral ZecaXibelão. Detalhe: ela é torcedora do Garantido. “Eu já esperava esse título. Estava escrito nas estrelas”, comentou ele. Já Márcia Pereira disse que também veio prestigiar a festa e “que agora é pensar no festival de 2018”.

Melhor das três noites

Com o tema “A Poética do Imaginário Caboclo”, o Touro Negro venceu a 52ª edição do festival de Parintins após três noites de espetáculo apresentados neste final de semana, de 30 de junho a 2 de julho. O Caprichoso venceu todas as noites e se consagrou campeão com 1257,9 pontos, com 2,4 pontos a mais que o adversário.