Publicidade
Sim & Não

Artur diz que TCE/AM está equivocado

16/02/2017 às 22:19
Show artur neto033

A decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE/AM) de investigar a compra e a aplicação de material asfáltico em Manaus, por indícios de “descontrole” e irregularidades,  não foi bem recebida pelo prefeito Artur Neto (PSDB). De acordo com ele, a iniciativa do órgão é um “equívoco brutal”. “Aquilo foi, a meu ver, um equívoco que com certeza vai fazer a própria conselheira (Yara Lins) refletir”, disse ele à coluna, referindo-se à vice-presidente da Corte, que pediu a investigação. 

 Devassa   A inspeção extraordinária na Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) foi autorizada pelo plenário do TCE/AM no dia 9 deste mês.  A conselheira Yara Lins é a relatora das contas da pasta. Até agora, foram encontradas 13 irregularidades na prestação de contas da Seminf do exercício 2016.

Agora sim?   Ao se defender das suspeitas, Artur afirmou que o atual titular da pasta, Alexandre Marinho de Moraes, “é o maior esquema anti-roubo”. De acordo com o tucano, Moraes foi colocado lá com uma missão: “moralizar”. O atual secretário já esteve no posto antes. Ficou na função de 2015 a outubro de 2016, quando foi destacado para a coordenação do Gabinete Pessoal do Prefeito.

Artista   O secretário estadual de Educação, Algemiro Ferreira, protagonizou cena emblemática na inauguração de uma escola em Coari. Ele resolveu cantar o sucesso da dupla “Claudinho e Buchecha” com a gestora do colégio, em homenagem ao governador José Melo (Pros). Na segunda parte da música “Fico Assim sem Você”, improvisou e fez uma paródia pró-Melo.

‘Demitido’  Algemiro encerrou o ‘discurso’ pedindo da banda um carimbó, e saiu dançando. Sob aplauso dos presentes,  o governador disse: “Eu vou ter que demitir o Algemiro e a Marilene (gestora) pra eles formarem uma dupla de cantores”. Melo emendou: “E já tem muita gente de olho nos cargos deles”.

Pique  Ainda em Coari, ontem,  José Melo optou por inaugurar a “Ponte do Pêra” caminhando de ida e, literalmente, correndo de volta. Deixou sem fôlego parte da multidão que o acompanhava, e seu secretariado.

Elogio  Durante evento  Brasília que oficializou a Lei do Novo Ensino Médio, ontem, o presidente do Conselho Nacional de Educação, Eduardo Dechamps, reconheceu em público a atuação do ex-secretário de Educação do AM, Rossieli Soares,  no processo da reforma, desde quando ele foi titular da Seduc.

Azarado   Dechamps brincou durante o discurso, dizendo ao presidente Michel Temer que  Rossieli “é o homem mais azarado do mundo”, porque, justamente no dia da sanção da lei que ajudou  traçar, ele não conseguiu estar presente. De passagem por Manaus, nesta quinta, Rossieli não conseguiu embarcar para Brasília. O voo foi cancelado.

Amparo  O Ministério Público Estadual decidiu, ontem, que a viúva do ex-promotor Paulo Carvalho, morto a tiros no dia 20 de janeiro, vai receber pensão de R$ 22 mil. Cardoso estava aposentado há 21 anos. 

Missão  Após o Carnaval, o presidente da CMM, Wilker Barreto (PHS), tem viagem marcada a Brasília, onde terá uma audiência com o deputado Rodrigo Maia (DEM) a fim de retomar a implantação da ‘Rádio Câmara Manaus’ em parceria com a Câmara Federal.