Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2019

Construindo um negócio sozinho? Dominar ferramentas de Design são fundamentais para o sucesso

Por: André Fontenelle _ Instrutor na Udemy Brasil*


29/11/2019 às 11:54

No atual mercado de trabalho, existem diversas formas de se adaptar aos desafios do cotidiano e do ambiente profissional. Entre as opções para se encontrar nesse mundo, é possível – muito por conta da tecnologia – criar seu próprio negócio e desenvolver sua marca. Entretanto, ao tocar nesse ponto, surgem perguntas como: “Consigo criar meu design? Como eu posso fazer o logo? É preciso ter noção de todas as etapas?”, entre outras dúvidas.

Noções em Design gráfico

Antes de colocar a ideia do negócio em prática, é de extrema importância que o criador tenha total controle do que vai acontecer no começo do projeto. É necessário ter disciplina e foco durante todo o processo, para que a ideia amadureça e comece a crescer organicamente. Dito isto, noções gerais em Design, neste início, são essenciais, uma vez que o investimento não é tão alto e, assim, torna-se possível criar uma identidade inicial sem gastar muito, utilizando ferramentas como Photoshop, Illustrator e InDesign.

Criação do logo e da marca

Depois de se identificar com os sistemas operacionais de criação, é hora de colocar em prática e desenvolver seu estilo visual, a sua marca. Para isso, o desenvolvedor do projeto precisa saber como criar um logo, como transformar a versão mental e a essência de negócio em uma imagem com letras e/ou símbolos. Uma boa identidade visual cria proximidade com o cliente e gera afinidade.

Criação de personagens

Com a logomarca e a identidade já feitas, o criador do negócio pode pensar uma imagem “física” para criar interação com o público. Um personagem para dar “vida” à marca. Isso causa aceitação por parte do cliente e relembra ainda mais a marca no futuro. Exemplos? O palhaço de uma rede de fast-food, o urso polar e o papai noel na marca de refrigerante, o amigo branco cheio de “dobrinhas” na marca de pneu, além de outros cases de sucesso com personagens criados nas multinacionais ao redor do mundo.

Desenvolvimento de Interface

Além da logo, o site ou o aplicativo devem estar em harmonia com o estilo da marca, criando assim um sistema orgânico de imagens no negócio. Uma interface simples e moderna, de fácil uso e compreensão torna a experiência do cliente em algo muito mais prazeroso e, consequentemente, ele mantém e continua a fazer visitas no site ou no aplicativo.

Experiência do usuário no negócio

Por fim, é necessário fazer uma pesquisa de como a experiência do cliente pode ser melhor enquanto este navega e usa os programas da empresa. Utilizar métricas para ter uma rede maior de usuários, planejar e desenvolver como tudo chegará no utilizador, além de transformar a jornada de quem entra no site e no aplicativo em algo prazeroso. Por conta disso, é imprescindível evoluir o seu produto para que ele chegue no maior número de pessoas e alcance o sucesso na área, mantendo um bom nível e sendo de forma orgânica.

Além de todos esses fatores, há uma peça fundamental para fazer o seu negócio nascer, crescer, alavancar e se manter: saúde mental e inteligência emocional. De nada adianta investir tanto no negócio se o criador da empresa não estiver preparado para enfrentar os desafios do mercado atual. Com o estado psicológico equilibrado, aí sim será possível transformar uma ideia em uma verdadeira marca.

 

*André Fontenelle é formado na Universidade de Fortaleza e ensina tecnologia desde 2000. Na Udemy, ele já ensinou mais de 180.000 alunos em 20 cursos diferentes, em temas como Design gráfico, Adobe XD, e edição de vídeo.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.