Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020

5 filmes que tiveram palhaços como protagonistas

No embalo da estréia de 'Bingo: O Rei das Manhãs' nesta quinta (24) e 'IT - A Coisa' no próximo dia 7, listamos cinco vezes que os palhaços saíram do circo e foram parar nas telas de cinema


24/08/2017 às 14:54

Por Juan Gabriel

Nem só de risos se vive um palhaço. Pelo menos essa é a premissa que o cinema deixa para justificar as inúmeras aparições das figuras coloridas e caricatas nas telonas. Entre piadas, dramas e principalmente, assassinatos, as próximas semanas reservam duas estréias de filmes que tem como protagonista o personagem do nariz vermelho.

Uma delas acontece nesta quinta (24) com o lançamento de “Bingo: O Rei das Manhãs”, estrelado por Vladimir Brichta e que conta a história real e polêmica do ator Arlindo Barreto, conhecido por ser o principal interprete brasileiro do palhaço Bozo, famoso nos anos 80.

Duas semanas depois é a vez de “IT- A Coisa” trazendo de volta para as telas de cinema o sanguinário palhaço Pennywise em um remake do clássico filme lançado em 1990. Seguindo esse embalo, o Bem Viver aproveita para relembrar algumas participações de palhaços no universo da sétima arte.

Da fama ao fracasso

Encabeçando a lista nada mais justo que falar sobre a principal estréia da semana. “Bingo: O Rei das Manhãs” é uma cinebiografia de Arlindo Barreto, ex-interprete do saudoso palhaço Bozo (que por motivos de direitos autorais, teve o nome substituído). No filme, Vladimir Brichta encarna o ator que ganhou fama graças a um programa infantil matinal. Com o sucesso, o palhaço passa a ter uma vida digna de rockstar, caindo em um mundo de ostentação, festas e drogas. O filme ainda mostra passagens polêmicas da vida de Arlindo como apresentar o programa infantil sobre efeito de cocaína, seu romance com a cantora Gretchen e sua conversão a religião evangélica após perder tudo.

Assombração

O filme “It – A Coisa” é uma releitura do icônico longa de terror baseado no livro homônimo do escritor Stephan King e tem sua estréia prevista para o próximo dia 7. A história mostra uma criatura maligna capaz de assumir formas para se alimentar do medo de suas principais vitimas: crianças. Com o objetivo de atraí-las, a entidade se manifesta na forma do palhaço Penywise, responsável pela morte de vários jovens. Aclamado pela crítica e abraçado pelos fãs do gênero, a obra gravou o palhaço na cultura pop. No filme original, quem interpreta Pennywise é o ator Tim Curry, já na nova versão o cargo ficou com o ator Bill Skarsgård.

Pioneiro

O renomado diretor italiano Federico Fellini nunca escondeu sua admiração pela arte circense, em especial a figura do palhaço. Prova disso pode ser vista no filme ‘Os Palhaços’ (1970), uma espécie de documentário e drama que une números cômicos criados exclusivamente para o filme com depoimentos reais que tem como foco a discussão da importância do palhaço para o circo e seu possível desaparecimento.

Brasileiro

O cinema nacional também guarda suas obras cujo tiveram na figura do palhaço o seu protagonista. Uma delas é o filme ‘O Palhaço’ (2011) escrito, dirigido e estrelado por Selton Melo. No longa, Benjamin e seu pai formam a dupla de palhaços Pangaré & Puro Sangue, fazendo o maior sucesso no circo em que trabalham. Mas Benjamin entra em um grande dilema quando pensa em deixar tudo isso para trás.

Doutor da alegria

Rir sempre foi o melhor remédio. Talvez por isso, o médico e palhaço Hunter Adams tenha se engajado em alegrar pacientes apenas com o poder de seu nariz vermelho. Hunter é a pessoa por trás do palhaço Patch Adams e inspiração para o filme “Patch Adams – O Amor é Contagioso”, o qual retrata sua história de vida e seus métodos medicinais um tanto quanto diferentes. No papel principal, o saudoso e especialista em risadas, Robin Willians.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.