Publicidade
Blogs

Cineasta Daniel Bydlowski é nosso novo colaborador

09/04/2018 às 13:02 - Atualizado em 09/04/2018 às 13:03
Show cinema para as pequenas telas

Rosiel Mendonça
rosiel@acritica.com

Doutorando na Universidade da Califórnia e membro do Directors Guild of America, o diretor brasileiro Daniel Bydlowski é o novo colaborador de A CRÍTICA. Radicado nos Estados Unidos há dez anos, ele publicará no Bem Viver TV (caderno que sai aos domingos no jornal impresso), mensalmente, a crítica de algum filme em cartaz na capital amazonense ou sobre alguma produção em destaque no cenário internacional. Os textos também estarão disponíveis aqui no Bem Viver Blog e serão uma oportunidade para os leitores, em especial os cinéfilos, acessarem conteúdos qualificados sobre a Sétima Arte.

Colaborador assíduo de outros veículos da imprensa brasileira, como o Diário de Pernambuco (PE) e o Jornal A Tarde (BA), Bydlowski escreve críticas desde 2016. “Eu participo dessa atividade com um olhar de diretor, julgando filmes com base tanto na qualidade quanto na proposta que a obra tem (entreter, criticar, mostrar um novo mundo, etc.) em relação ao espectador”, comenta.

Na opinião dele, a crítica de cinema deve tentar entender o que o filme busca antes de definir a obra de forma generalizada. “A quem o filme pretende agradar? Para que tipo de público este foi feito? Qual o seu objetivo? Depois que tais perguntas são respondidas, aí então um filme pode ser julgado com base em sua eficácia de acordo com o que pretendia desde o início”, avalia o diretor, que quer que seus textos ofereçam outro olhar sobre o cinema. “A minha tentativa é de dar mais uma voz, com um ponto de vista de diretor de cinema, a uma atividade que geralmente é vista de modo passivo ou simplificado”.

Realidade virtual

Com título de Master of Fine Arts pela University of Southern California, Daniel Bydlowski já trabalhou ao lado de grandes nomes da indústria cinematográfica, como Mark Jonathan Harris e Marsha Kinder, em projetos com temas sociais importantes.

Atualmente, ele desenvolve seu primeiro longa-metragem, “NanoEden”, com lançamento previsto ainda para este ano. O filme será o primeiro inteiramente rodado em realidade virtual e em 3D. Com roteiro também assinado por Daniel, a trama futurista gira em torno do casal Harriet e Peter, que busca uma alternativa para a preservação de suas consciências após a morte.