Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020

Consultora de imagem dá dicas de como se vestir para trabalhar


21/01/2018 às 16:28

Por Mayrlla Motta

Quem nunca abriu as portas do guarda-roupa e pensou: “qual roupa vou usar para ir ao trabalho hoje?”. De acordo com a consultora de imagem formada pela EnModa (SP), Elaine Santiago, quando se fala em ambiente corporativo, devemos atentar para dois pontos: “É preciso ter o bom senso de assimilar a proposta da empresa na qual se trabalha e montar um dress code adequado para esse ambiente”, pondera.

Antes de montar o look diário, a consultora orienta que é preciso conhecer o próprio tipo físico para comprar roupas corretas que valorizarão seu corpo. “Por exemplo: a mulher tiângulo invertido, que é grande em cima (ombros largos ou seios fartos) e menor na parte de baixo, deve investir em peças que amenizem o volume de cima, como blusas e golas V, e podem explorar estampas para a parte de baixo. Mas vamos falar de peças clássicas que servem para maioria das mulheres, como o famoso vestido preto que pode ser até a altura do joelho. Com essa peça, trocando os acessórios, colocando um blazer ou um lenço você monta vários looks”, ensina Elaine.

Entre as peças que deixam a mulher bem vestida estão a calça de alfaiataria, calça jeans azul escuro e blusa branca. O blazer também é indicado para compor o look. Entre as cores, Elaine sugere preto, cinza azul marinho e branco. “É possível incluir um sapato scarpin preto ou nude para alongar as pernas e uma boa bolsa preta clássica, nude ou marrom”, complementa.

Tipos de roupas
Para se vestir adequadamente ao ambiente de trabalho em escritório são indicadas roupas em cores sóbrias, acessórios e maquiagens discretas.  “Ambientes corporativos como concessionárias, bancos e outros, geralmente têm um dress code implantado pelo RH que são códigos de vestuário ou os famosos uniformes como: tailleur, calça de alfaiataria com blusa de botão e manga 3/4 e vestidos tubinho na altura do joelho”, acrescenta. 

O que  evitar?
O ambiente de trabalho é um local para você destacar seu profissionalismo, sendo assim o vestuário é um cartão de visita. Para evitar passar por momentos indiscretos, algumas peças devem ser evitadas como: mini-saias, decotes, transparência, acessórios e maquiagens extravagantes. “Hoje, com um bom toque você pode ousar com uma peça brilhosa contrastando com outra peça mais sóbria”, finaliza Elaine.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.