Publicidade
Blogs

Musculação realmente emagrece? Saiba mais sobre a prática e suas vantagens

A modalidade que promete o corpo perfeito gera dúvidas frequentes, se a musculação emagrece ou somente favorece o ganho de massa 12/11/2018 às 14:35 - Atualizado em 12/11/2018 às 14:36
Show 11 3 fe9d2107 33e4 4b26 983c 809f98ecc0d5
Renata Spallicci é fisiculturista, influenciadora digital e fundadora do movimento social Fit do Be. (Foto: Divulgação)

A modalidade que promete o corpo perfeito! É assim que muitos enxergam a musculação, enquanto outros a consideram uma forma somente de criar músculos. Uma das dúvidas frequentes, no entanto, é se a musculação emagrece.

De acordo com Renata Spallicci, atleta profissional de fisiculturismo, influenciadora digital e fundadora do movimento social Fit do Bem, a musculação é essencial no processo de perda de peso: “Quando ganhamos músculo, ganhamos massa magra, aceleramos o nosso metabolismo e com isso conseguimos queimar mais gordura corporal. Já cansei de ouvir pessoas dizerem assim: 'Vou primeiro emagrecer e depois pegar pesado na academia'. Está errado pois a musculação precisa fazer parte do processo de emagrecimento desde o início e se for feita corretamente pode até ser mais eficiente do que exercícios aeróbicos de baixa intensidade”.

Ela explica em um vídeo publicado no seu canal no YouTube que qualquer atividade física é importante para nossa saúde, mas se o objetivo principal for emagrecer, a musculação é essencial por aumentar a produção de hormônio na perda de peso como o TGH e a testosterona. “Essa dúvida aparece porque algumas pessoas ganham peso quando começam a treinar mais. Isso acontece porque o músculo pesa mais que a gordura, ou seja, esse ganho de peso não significa que a pessoa esteja mais gorda, pelo contrário, a pessoa fica mais sarada. Por isso a balança não pode ser a principal referência para saber o resultado. A melhor forma de saber se você está indo bem ou não é a boa e velha fita métrica, além de fotos comparativas. O volume é menor mesmo que haja uma variação de peso e vale lembrar que essa variação tende a estabilizar”, acrescenta a youtuber.

“A musculação faz com o que você gaste muito mais caloria na recuperação do que os exercício aeróbicos. A musculação machuca os músculos que depois se recuperam aumentando a densidade do músculo e ao fazer essa recuperação muscular o corpo gasta caloria queimando gordura. Ou seja, você queima caloria durante o exercício e depois que no seu momento de descanso você continua com o gasto calórico. É por esse motivo que quanto mais músculo você tem mais seu metabolismo basal fica acelerado e mais energia você queima. Para ter uma ideia, o músculo demanda 8 vezes energia que as células de gorduras. A musculação emagrece e ponto final”, confirma a fisiculturista.

Renata completa lembrando que a qualidade do emagrecimento de quem pratica musculação é melhor porque a pessoa perde gordura e perde o tônus muscular evitando ficar flácida e com aquela aparência enfraquecida. É obvio que tudo isso só funciona se sua alimentação for adequada pois alimentação é tudo em um processo de emagrecimento e o exercício entra como um complemento essencial. “Musculação sozinha não faz milagre se depois a pessoa se afogar em um pote de chocolate. Não vai resolver em nada. Para que o resultado apareça é preciso praticar musculação no mínimo três vezes por semana em dia alternados. E se a pessoa combinar os exercícios de musculação com uma atividade cardiovascular como uma bike, corrida, hit dança ou qualquer outra atividade que goste, vai queimar ainda mais", conclui a youtuber.

Destaque

A qualidade do emagrecimento de quem pratica musculação é melhor porque a pessoa perde gordura e perde o tônus muscular evitando ficar flácida e com aquela aparência enfraquecida. E um dos principais fatores é o aspecto saudável com a perda de peso.

Saiba +

Quanto mais seus músculos são desenvolvidos, mais a quantidade de calorias são queimadas é importante. Assim, 500 g de músculo a mais queimam 100 kcal. Os exercícios que permitem queimar mais calorias são os exercícios funcionais, que utilizam grandes músculos: pernas, costas, peito, nádegas= agachamento e flexões.