Sexta-feira, 29 de Maio de 2020

Neusa Brandão, dama da sociedade amazonense fará 100 anos de idade

Neusa Brandão casou-se aos 16 anos com Benjamin Magalhães Brandão e constituíram família em Manaus. Neusa é mãe de cinco filhos: Clynio, Leila, Luis Carlos (in memorian), Sônia e Rafael


17/02/2020 às 14:19

A longevidade é um dos objetivos almejados pela humanidade há séculos. Apesar de não existir uma receita ou fórmula mágica, o sonho de viver por anos e anos é uma das obsessões do ser humano. Em Manaus, Neusa Aracy de Araújo Brandão é uma das poucas representantes dessa meta. Ela completará no próximo dia 29 de fevereiro, um século de vida.

Tradicional dama da sociedade amazonense, Neusa nasceu em 29 de fevereiro de 1920, em Boa Vista, mas adotou a capital amazonense como sua casa. Curiosamente, por ter nascido num ano bissexto, ela costuma comemorar o aniversário no dia 28, por isso, este ano, o 29/02 terá um gosto especial em sua vida.

Neusa Brandão casou-se aos 16 anos com Benjamin Magalhães Brandão e constituíram família em Manaus. Neusa é mãe de cinco filhos: Clynio, Leila, Luis Carlos (in memorian), Sônia e Rafael. Possui 18 netos e 21 bisnetos.

Vida longa

Para sua filha Sônia Régia, o segredo da longevidade de Neusa está no bom humor. “Ela não se estressa por nada, é alegre, não bebia, não tinha vícios, isso tudo contribuiu”, conta.

Sônia relembra que, na juventude, Neusa e o marido gostavam de frequentar as festas da sociedade, acontecimentos sociais e blocos de carnaval quando eram convidados. “Eles também sempre recebiam amigos em reuniões em sua casa, festejos de aniversários, jantares quando papai chegava das pescarias com peixes pescados por ele. Mamãe preparava um cardápio só de peixes”, destaca.

Sônia destaca ainda que Neusa era leitora assídua de A CRÍTICA e grande amiga de Ritta Calderaro, esposa de Umberto Calderaro, fundadores do jornal A CRÍTICA.

Viagens e comemoração

Nos anos 1990, após o falecimento do marido, Sônia fez muitas viagens com suas filhas Leila e Sônia para o exterior. “Depois que papai faleceu ela disse que ele não gostava de viajar para o exterior, mas ela tinha vontade de conhecer outros lugares. Viajamos muito, fomos para vários países da Europa, Ilhas Gregas, México, Caribe e outros”, diz Sônia.

No próximo dia 29, Sônia conta que familiares mais próximos irão se reunir para celebrar o centenário de Neusa Brandão. “Estou muito feliz de vê-la fez no meio da gente, na minha lembrança só tenho ela no meio de nós, coordenando as festas, sempre muito alegre e comunicativa”, finaliza.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.