Sábado, 22 de Fevereiro de 2020

Provamos: novo cardápio de hambúrgueres e milkshakes do Tambaqui de Banda


29/04/2016 às 14:20

Laynna Feitoza e Natália Caplan

Quem disse que peixe e hambúrguer não “casam”? O BEM VIVER foi convidado pelo Mário Valle, proprietário do restaurante Tambaqui de Banda, para provar o novo e ilustríssimo cardápio da unidade – que vende peixe nos mais diversos preparos – e que agora também se rendeu ao universo dos hambúrgueres artesanais. Eu (Laynna Feitoza) e a repórter Natália Caplan fomos lá conferir os novos pratos.

Para começar, é válido dizer que a chef da casa, Elisângela Valle, convidou o chef Daniel Vassalo – especialista em hambúrgueres desse tipo – para compor a novidade. O cardápio conta com milk-shakes e hot dogs repaginados, além dos sanduíches de brasa. Ao todo, são quatro “doggys”, cinco “milkshakes-ur-body”, dois tipos de hambúrguer de peixe, três tipos de hambúrguer de carne bovina e dois hambúrgueres formulados para as crianças (o “Kid Peixe” e o “Kid Boi”).

Eu acabei provando o “Red Hot Cheddar Pepper”, e já fiquei impressionada com a criatividade do nome do sanduíche. Os ingredientes dele são dois hambúrgueres de brasa (90g), duplo cheddar, bacon, alface, tomate, cebola caramelizada, molho apimentado do chef e molho mosket. Mas o mais legal é que, se você não aguentar os dois hambúrgueres, pode pedir o sanduíche com um só. O que seu estômago aguentar realmente fica a seu cargo.

Eu realmente adorei esse sanduíche. Pedi o que vem apenas um hambúrguer, mas ainda assim considerei grande. O brinde é que dá pra dar uma “amassada” no pão, o que faz ele ceder de tamanho e facilitar a alimentação – pra quem não curte ter que abrir a boca ao extremo para comer. O molho apimentado vem com uma quantidade de pimenta super equilibrada, o que pode cair no gosto até de quem não é chegado em nada ardido.

Talvez tenha sido pela combinação do molho apimentado com o molho mosket. Não achei o bacon gorduroso, e a carne entregava que aquilo tinha sido feito na brasa mesmo. Pra mim, o sanduíche está aprovadíssimo. O que é mais legal é que dá pra levar aquele amigo ou familiar que não curte comida regional amazônica no restaurante sem problemas, se caso você estiver sendo consumido pela vontade de comer peixe, e ele torcer o nariz. Pelo menos pra mim, que tenho amigos e familiares em outros Estados, não tão habituados com a culinária daqui.

Milkshake-delícia

Prazer, Natália Caplan, a "do contra" que não curte Oreo como o restante da humanidade... Porém, mesmo diante desse fato, decidi experimentar algo diferente e tenho uma confissão a fazer: o milkshake feito com esse biscoito (até então, sem graça para mim) é simplesmente MA-RA-VI-LHO-SO. O sabor do sorvete, com os pedacinhos achocolatados dão um "tcham" impossível de descrever.

Eu combinei que só ia falar sobre a sobremesa, mas preciso compartilhar que a maionese de parmesão, na batata frita ou no sanduíche, é quase um manjar! Quer saber? Bom mesmo é você correr para o restaurante na Avenida Tancredo Neves, no Parque Dez — e experimentar com toda a família. Os sanduíches estão disponíveis só no jantar.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.