Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020

Rita Comparato: Moda no corpo e na alma


29/08/2017 às 10:41

Por Natália Caplan

Quem está sempre antenado nos desfiles e na alta moda, com certeza ouviu falar de “Neon”. Foi uma grande marca que fez história no Brasil e no exterior, de 2003 a 2013, criada por Rita Comparato em parceria com Dudu Bertholini. Agora, perto de completar 40 anos de vida — dos quais duas décadas dedicadas à moda — a estilista e modelista lança a própria grife: “Irrita”.

“Criar, desenhar, modelar está dentro de mim. É o que me faz crescer e continuar. Desde que nasci, sempre gostei muito de cores e minha mãe me colocou na aula de desenho desde pequena”, diz a paulistana, com voz simpática e atenciosa pelo telefone. “Tem momentos, que pensamos em desistir. Mas lembro tudo o que passei e sei que consigo. Realmente, comecei tudo zero”, completa.

Estilista e modelista, nasceu em São Paulo, no dia 16 de outubro de 1979. Formou-se em design de moda pela Faculdade Santa Marcelina (2001). Foi assistente de modelagem especiais para Alexandre Herchcovitch (2001/2003). Depois, com Dudu Bertholini, criou a marca Neon. Rita também foi head designer da Cori por três coleções (2008/2009). Assinou uma coleção-cápsula para a marca Alcaçuz (2015).

O recomeço faz parte da reviravolta após um período frenético e conturbado, entre drogas, noites sem dormir e uma montanha-russa financeira à frente da “Neon”. Já são mais de quatro anos livre do vício. Para Rita, uma vitória pessoal, que a faz seguir em frente e não desistir do que se propõe a fazer, seja na vida profissional, ou outra área. “Estou muito feliz. Tudo faz parte da nossa história. Desde que a gente vá aprendendo com os erros, é lucro. Foi o que fiz. Isso me deixou muito mais forte. Quando somos mais jovem falamos ‘é isso que vou fazer e acabou’. Com o tempo, vêm o amadurecimento e o auto-conhecimento”, ressalta.

E se teve algo que a modelista aprendeu é que não precisa de quantidade para garantir uma coleção de qualidade. O importante é ter a liberdade de colocar a criatividade em ação. “A ‘Neon’ ficou grande e a gente não dava conta. Ficou um peso grande em cima de mim. A ‘Irrita’ vem nesse pensamento contrário, com modelagens clássicas (para mim) e o cliente pode participar do processo de escolha. Começa pequena, com apenas nove modelagens, mas você pode escolher as estampas. Hoje, não dou passos maiores que a perna, não me iludo com coisas que não valem à pena”, enfatiza.

Rita desenvolveu a coleção de verão 2016 da marca Lilla Ka e foi coordenadora de estilo da marca Adriana Barra por três coleções (2014/2016). Ministra o curso “Descomplicando a Modelagem”. A marca Neon que se tornou referência na moda brasileira por suas estampas criadas em parcerias com artistas plásticos, modelagens marcantes e desfiles emocionantes durante 10 anos de apresentações no São Paulo Fashion Week (SPFW). A grife conquistou clientela fiel e vestiu diversas personalidades.



Fotos: CassiaTabatini/ArquivoPessoal/MorenaBuser


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.