Sábado, 22 de Fevereiro de 2020

Santo Antônio do Pinhal: a joia bruta cravada no alto da Serra da Mantiqueira

A apenas 20 km de Campos do Jordão, a cidadezinha não deixa nada a desejar à vizinha famosa: Campos do Jordão, com suas charmosas construções com muita madeira e estilo europeu, seus parques de jardins floridos, picos, riachos de água cristalina e cachoeiras, além de uma gente simples e do bem, que dá até vontade até de criar os filhos lá


19/04/2016 às 15:36

por Felipe de Paula

A motivação era a passagem barata, a intenção de tirar o visto americano e a oportunidade de curtir uns dias de folga em São Paulo. Chamei minha namorada e mãe dela, Judith, que toparam na hora. Como a Janaína tem parentes na região do Vale do Paraíba, bora esticar o reteiro, pensamos. Taubaté, Ribeirão Preto e as serranas Campos do Jordão e Santo Antônio do Pinhal entraram no plano. Mas por que que eu decidi escrever sobre esta que talvez seja a menos conhecida das quatro cidades que passaríamos (deixamos Ribeirão Preto para outra vez): a Estância Climática de Santo Antônio do Pinhal? Leia para saber.

De natureza exuberante, clima de montanha e sossego de interior, Santo Antônio do Pinhal é uma joia bruta cravada no alto da Serra da Mantiqueira, a 20 km de Campos do Jordão. Porém, não deixa nada a desejar à vizinha mais famosa, além de ser mais barata em termos de serviços. Suas construções charmosas, com muita madeira de estilo europeu, seus parques de jardins floridos, picos, riachos de água cristalina, cachoeiras, além de uma gente simples e do bem, dão vontade até de criar os filhos por lá (e claro que eu mencionei isso, como quem não quer nada rs).

Mas ao contrário de Campos do Jordão, que fica intransitável na alta temporada, a cidadezinha de seis mil e quinhentos habitantes cativa pela tranquilidade. Só não se deixa a janela aberta por causa do frio, que aliás, nem estava tão presente nesta época do ano. O preço dos serviços é outro atrativo. A tia da Janaína, Ana, tem um chalé charmoso e muito confortável, que para quatro ou seis pessoas, que aluga por 200 reais a diária. Também animam os bons restaurantes² e bodegas dessa região cuja vegetação é repleta Araucária, pinheiro cujo fruto – o pinhão – a cidade agracia no nome e na culinária³.

Porém, como fui fora desse período, me contentei (e como!) com algo que é atemporal: a beleza natural do município. O Ecco Parque Jardim dos Pinhais foi o ponto alto (literalmente!) do nosso passeio. A 200 metros do centro, possui dez jardins temáticos (tropical, montanhês, canadense, etc.) a mais de  1300 de altura, com uma vista encher os olhos e riachinhos de água potável.

No Mirante da Santa, na famosa estação Eugenio Lefévre, pode-se avistar todo o Vale do Paraíba. Ao lado, uma imagem de três metros de Nossa Senhora Auxiliadora. Também dá as caras por ali um trenzinho que fazia o transporte na região, mas atualmente só para fins turísticos. Para os mais radicais, a subida ao Pico Agudo, a 1700 metros de altura, também é obrigatória. De lá saltam paraquedistas e parapentistas com uma vista de não querer mais voltar para casa.

No armazém “A Bodega”, mais afastado do centro, um paraíso para quem é chegado numa cachaça de alto padrão, artesanato e petiscos como os variados tipos de salame. O lugar possui gigantescos barris de carvalho e uma excelente estrutura, que contrapõe o charme da construção e a beleza natural do lugar, sem falar na imensa variedade de cachaças, das saborizadas com doces ou frutas até as tradicionais, como a Reserva Especial, envelhecida por sete anos em carvalho.

Cachaça é amor <3!

 

Romântica, charmosa, aconchegante, surpreendente. Estes são apenas alguns dos adjetivos que indicam que Santo Antônio do Pinhal é um dos melhores destinos brasileiros da atualidade. Alguém duvida?

¹Dica: o Chalé da Ana tem dois andares, um quarto com cama de casal e televisão com tv a cabo, outro com duas camas, varanda, cozinha, dá até seis pessoas e custa apenas 200 por dia. Contato: Ana Maria (012 – 99728-9274)

²O restaurante Empório da Serra serve picanha ao corte argentino com o molho delicioso molho hermano para carnes: o chimichurri.

³No mês de maio, a Festa do Pinhão promove um festival de cultura e gastronomia, com uma série de pratos feito à base do fruto.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.