Terça-feira, 19 de Novembro de 2019

Contrato entre Grupo Heineken e Sistema Coca-cola permanece até 2022

O Grupo Heineken produz as cervejas do portfólio da Kaiser e o Sistema Coca-Cola faz a venda e a distribuição para os pontos de venda


04/11/2019 às 12:51

A Cervejarias Kaiser, que integra o Grupo Heineken no Brasil, deixará de fazer parte do Sistema de Distribuição Coca-Cola a partir de 19 de março de 2022. O anúncio foi feito no dia 31 de outubro pelo Grupo, após decisão do Tribunal Arbitral. 

O Grupo Heineken queria rescindir o contrato com a Coca-Cola antes, mas deverá cumpri-lo até o final, ou seja, até março de 2022. 

Desde 2017, o Grupo Heineken no Brasil vem operando com sucesso dois sistemas de distribuição distintos no país, e o continuará fazendo até o início de 2022.

Atualmente, o Grupo Heineken produz as cervejas da Kaiser (aquisição feita em 2010) e o Sistema Coca-Cola faz a venda e a distribuição para os pontos de venda.

No Brasil, o Grupo Heineken no Brasil é formado por duas empresas. A primeira é a Cervejarias Kaiser Brasil S/A, que produz as marcas Heineken®, Amstel, Sol, Kaiser e Bavaria.

A segunda empresa do Grupo Heineken é a antiga Brasil Kirin, adquirida em 2017, que possui seu modelo de distribuição próprio. A Brasil Kirin vende e distribui para os pontos de venda as seguintes marcas: Lagunitas, Baden Baden, Eisenbahn, Kirin Ichiban, Devassa, Schin, No Grau, Glacial, Itubaína, Viva Schin, FYS, Skinka e água Schin.

*Com informações da assessoria de imprensa


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.