Abraciclo defende vacinação em massa no Amazonas

Presidente da instituição, Marcos Fermanian, afirma que a imunização em massa precisa começar o mais rápido possível

Joubert Business
lima_joubert@yahoo.com
10/02/2021 às 13:21.
Atualizado em 13/03/2022 às 15:41

Abraciclo avalia que vacinação em massa é requisito para que a indústria volte a operar com fôlego

Diante da queda de 27% na produção de motocicletas na Zona Franca de Manaus, o presidente da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas (Abraciclo), Marcos Fermanian, defende a imunização em massa da população como requisito para que a indústria volte a operar com fôlego. “É preciso que a imunização em massa ocorra o mais rápido possível para que a indústria volte a operar com fôlego, recupere as perdas dos últimos meses e consiga, finalmente, equilibrar a relação de oferta e demanda”, destaca o executivo. De acordo com Fermanian, o cenário adverso neste início do ano não deve alterar a estimativa da entidade de produzir 1.060.000 motocicletas em 2021. “O impacto de janeiro já estava nos nossos radares. A maior dificuldade para todos os setores da economia é saber como ficará a situação da pandemia nos próximos meses”, afirma.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por