Sexta-feira, 10 de Julho de 2020

Banquetas de Parto


07/04/2020 às 14:51

Em meio ao isolamento, interrompemos a nossa programação normal de mantermo-nos em casa para noticiar que:

O AMAZONAS CONTARÁ COM 23 BANQUETAS DE PARTO!

Isso mesmo, ontem a Humaniza Coletivo recebeu as 23 recém-compradas banquetas de parto que auxiliarão os partos normais na rede pública do Estado do Amazonas.

Tais banquetas foram adquiridas com recurso proveniente do Ministério Público do Trabalho, após a submissão de projeto que foi analisado e aprovado pelo órgão federal no Amazonas.

Como se sabe, a OMS tem atualizado suas diretrizes de atenção ao parto e uma delas é desencorajar o parto em posição litotômica (deitada), por concluir que se trata de uma posição ineficaz, orientando que mulheres possam ter liberdade de posicionamento no momento das contrações. O Brasil também definiu nas "Diretrizes Nacionais de Assistência ao Parto Normal", publicado pelo Ministério da Saúde em 2017 que, sempre que possível, deve-se oferecer posições que deixem a mulher mais confortável possível, que não sejam supinas. Essas orientações estão assim descritas:

“62 A gestante sob analgesia peridural, quando se sentir confortável e segura, deve ser encorajada a deambular e adotar posições mais verticais.
71 (...)Caso a avaliação seja favorável, somente “estado de analgesia“, a gestante estará sem impedimentos para deambular e assumir a posição que desejar.
101 As mulheres devem ser encorajadas a se movimentarem e adotarem as posições que lhes sejam mais confortáveis no trabalho de parto.
113 Deve-se desencorajar a mulher a ficar em posição supina, decúbito dorsal horizontal, ou posição semi-supina no segundo período do trabalho de parto. A mulher deve ser incentivada a adotar qualquer outra posição que ela achar mais confortável incluindo as posições de cócoras, lateral ou quatro apoios.”

Sabe-se hoje em dia que o parto verticalizado traz inúmeros benefícios, dentre os quais, ser um parto mais curto, mais fácil e menos dolorido. Pensando nisso, e nas boas práticas de atenção à Humanização do Parto no Estado do Amazonas, a Humaniza, por meio de um projeto submetido ao crivo do MPT, conseguiu realizar a compra de 23 banquetas de parto que serão entregues nas maternidades do Estado do Amazonas.

Importante frisar que serão entregues na rede pública em Manaus e Região Metropolitana, oportunidade em que teremos roda de conversa para levar, aos profissionais da área de saúde, bem como à todos aqueles que lidam com gestantes, as mais diversas informações atualizadas cientificamente sobre a Humanização do Parto e Nascimento.

*As entregas bem como as rodas de conversas foram temporariamente suspensas, obedecendo às recomendações de OMS, MS e Governo do Amazonas, de isolamento social, tendo o planejamento apenas sido adiado para quando a pandemia estiver passado.

Referência:
Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde. Diretrizes nacionais de assistência ao parto normal: versão resumida [recurso eletrônico] / Ministério da Saúde, Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde. – Brasília : Ministério da Saúde, 2017. 51 p. : il.

Diretrizes!


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.