Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020

Festa do pijama da Ladybug

A Leila Ronize, nossa ex-para sempre Cricri, fez uma criativa festa do pijama para os 8 anos de sua Maria Rita e escreveu o passo a passo para compartilhar com todas nós! Mãos à massa!


07/11/2016 às 13:53

Festa do Pijama com Ladybug

 

Leila Ronize

Ano de crise, tempos de criatividade ... e foi com essa palavra na cabeça que encarei a missão de comemorar o aniversário de oito anos da minha filha. O tema já estava decretado: ladybug a heroína da série de animação nipo-franco-coreana Miraculous, que passa no Gloob. Comecei a fazer o orçamento e desde o início pretendia gastar no máximo R$ 1.500,00 e para isso a festa seria em casa. Mesmo assim, seria apertado: geralmente 30 convidados, lembrancinhas, comidas, animadores – que aliás em uma rápida pesquisa fiquei desnorteada, pois cheguei a encontrar R$ 500 por três horas.

Faltando um mês para o niver, Maria Rita decreta: quero uma fez de pijama. O que poderia ser um problema, já que estava em cima da data, caiu como uma luva, já que a festa de pijama é para poucas crianças. A proposta era convidar as colegas do condomínio que estão sempre brincando aqui e não teria problema de irem para casa, pois uma coisa era certa: apesar de ser festa do pijama teria horário para começar e terminar. Confira os procedimentos que deixaram a festa muito mais barata que os R$ 1.500,00 propostos inicialmente, diria que ficou um pouco menos do que R$ 500,00.

CONVIDADOS

Foi aqui o achado, pois estabelecemos um teto de crianças: nove com ela. Quanto aos adultos se resumiram a dez, pois convidei a madrinha, uma amiga, uma vizinha que me ajudou bastante e os outros eram de casa. Os pais trouxeram as filhas menores e voltaram para casa. Quando tem niver aqui no Condomínio geralmente a criança vai só por que tudo é perto.

CONVITE

A madrinha que foi participar de um evento em São Paulo, fez uma visita à 25 de Março e me trouxe vários itens personalizados, inclusive pratinhos, convites, mascaras.

DECORAÇÃO

A festa ia ser no quarto da Maria Rita, então tirei todos os móveis, lavei o chão, coloquei um TNT preto imitando um teto de cabana, alguns balões, imagens dos personagens, uma colchão no chão e ficou do jeito que a garotada gosta.

Na sala fiz uma mesa temática: com garrafinhas com M&M, caixinhas com jujuba, mini pratinhos com docinhos, cupcakes (que ganharam um charme especial com vários tops de torre eiffel que encontrei no comercio da cidade). Para dar mais volume à mesa coloquei as lembrancinhas. Um TNT vermelho finalizou a mesa e na parede coloquei os personagens do painel que achei no centro.

LEMBRANCINHAS

Como são os primeiros itens que compro não tive muito problemas, já tinha as sacolinhas vermelhas com bolinhas pretas, a massinha, um kit  de mini utencílios para cozinha. Só dei um toque de festa de pijama colocando máscara de dormir.  Nos saquinhos personalizados que a madrinha trouxe de São Paulo decidi colocar os docinhos (marshmallow recheado, fini, chocolate bis e outros tipos de chocolates).

BOLO: Como em todos os anos o bolo foi um presente da madrinha e claro que foi temático e a Maria Rita que escolheu o modelo. O sabor: chocolate com baunilha e recheio de doce de leite.

COMIDINHAS  E BEBIDAS

Aqui me embasei nas festas que são mostradas no Programa Fazendo a Festa, do canal GNT, em que as comidas são servidas individualmente. Para isso, comprei vários descartáveis, inclusive um recipiente de plástico com espaço para doze docinhos. Nele coloquei seis salgados diferentes e quadro docinhos, entre cajuzinhos, brigadeiro tradicional e bolinhas de cupuaçu. Cada criança que chegava ganhava um. Depois foi servido mini-pizza, cachorro quente, pipoca, salgados, e mix de frutinhas. Depois de tudo isso, ninguém queria mais comer, só brincar.

BRINCADEIRAS

Como tudo ia ser no quarto e a quantidade de crianças diminuiu muito, defini que não ia contratar animador (e aí já foi uma economia e tanto), mas nem por isso poderia deixar as coisas monótonas: imagina nove meninas em um quarto sem ter nada para fazer. Então, eu e Maria Rita elaboramos uma lista de brincadeiras, em uma cartolina que foi fixada na parede do quarto. Ah, detalhe, todas vieram de pijama, inclusive uma veio a caráter e vestida de ladybug.

- DESENHO NA LOUSA: elas foram separadas em grupos, que desenhavam na lousa um personagem, um animal, um objeto e o outro grupo tinha que descobrir.

- MORTO / VIVO: a famosa brincadeiras de levantar e baixar às palavras de comando.

- ADIVINHA QUAL O SABOR: separei tipos de queijos variados, de doces e salgados. Colocamos a máscara de dormir nos olhos de cada uma, que tinham que descobrir qual era o alimento.

- BALÃO SURPRESA: ao som de música um balão circulava entre elas. Quando a música parava, quem ficava com o balão estourava, dentro tinha uma prenda (abrace um adulto, imite um cachorrinho, dance uma música, coma uma maça presa por um barbante sem usar as mãos, entre outras). Quem cumprisse o desafio ganhava um brinde surpresa (investi em caixinhas guarda trecos, máscaras da Ladybug e Cat Noir, chaveiros personalizados, massinhas – cada item custou no máximo R$ 1,50). Claro que todas cumpriram o desafio.

- CONTAÇÃO DE HISTÓRIA DE TERROR: apagamos todas as luzes do quarto e com a ajuda de uma lanterna a criança iluminava o rosto e contava uma história de terror. As histórias acabam por ser mais engraçadas que horripilantes.

- CINEMA: com ajuda de um Datashow, projetamos na parede a página da Netflix. Lá elas escolheram um filme da preferência: ganhou Castelo do Medo, que não tinha muitas cenas de terror. Nessa hora, as menores já cansadas tinham ido para casa. Depois elas ficaram livres para brincar no quarto do que quisessem.

As crianças amaram? Sim. Deu trabalho? Sim, por que eu e minha vizinha comandamos as brincadeiras. Mas, com poucos convidados adultos em casa, não teve a necessidade de fazer sala, até por que deixei isso para meu marido e de vez em quando ia lá conversar. O importante é que Maria Rita teve um aniversário simples, barato, mas não menos animado e muito divertido. Tanto que já está na lista dos aniversários mais legais que ela teve. Mas, a gente não leva muito isso em conta, já que dos oito aniversários dela, sempre o último é o melhor...rsss.

 


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.