Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020

O sucesso também está fora do pódio

A vida é de pódios e derrotas, ninguém está sempre lá em cima ou para sempre lá embaixo. Mas subir ou descer depende sim das oportunidades que temos, dos estímulos, do esforço, da perseverança, do saber subir sem pisar em ninguém. Da empatia e solidariedade que temos ao estarmos lá em cima com quem, no momento, está lá embaixo. O sucesso está nisso, em saber subir e descer, sem desanimar


09/08/2016 às 10:47

Liege Albuquerque

Minha filha é uma das melhores da sala. Eu também fui, assim como meus irmãos (mentira, meu irmão era sempre O melhor). Mas minha mãe nunca fez pressão, exigiu 9 ou 10, e sim sempre nos estimulou a ler, a ter responsabilidades e darmos o melhor de nós em qualquer atividade. É como decidi também criar minha filha. Se a estimulo e, por sorte, ela é naturalmente inteligente, disciplinada e estudiosa, o mérito é nosso, em conjunto. Mas muito mais dela própria.

No auge da depressão, nosso ginasta Diego Hypolito comentou em uma entrevista que sua pior cobrança não vinha externa, mas dele mesmo. E sabemos que é sempre assim, nós somos nossos maiores cobradores. Isso é bom, porque nos estimula a dar o melhor de nós mesmos, mas também é ruim se em excesso. Por isso, como sabemos que já há a cobrança pessoal, devemos pegar leve com nossos filhos, especialmente na infância. Ou alguém acha que Diego ou seus pais não ficaram extremamente felizes agora com o 6º lugar fora do pódio do rapaz, que treina duro desde criança?

O que penso ser importante, independente de ter um filho no pódio, entre os melhores ou não, é respeitar as individualidades da criança, sempre, suas fraquezas e forcas. Por isso, embora veja minha filha sempre receber honra ao mérito ou no quadro de destaques da sala, sempre a acostumei a entender que aquilo é um papel e, para mim, é orgulho se ela estiver lá, mas se não estiver também estarei feliz porque o que me importa é saber que ela deu sempre seu melhor para estar lá, que estudou, se esforçou e, principalmente, está feliz e sem frustrações. Pode chorar quando perder, mas tem de saber perder, que é tão importante quanto saber ganhar.

A vida é de pódios e derrotas, ninguém está sempre lá em cima ou para sempre lá embaixo. Mas subir ou descer depende sim das oportunidades que temos, dos estímulos, do esforço, da perseverança, do saber subir sem pisar em ninguém. Da empatia e solidariedade que temos ao estarmos lá em cima com quem, no momento, está lá embaixo. O sucesso está nisso, em saber subir e descer, sem desanimar. É o recado que queria dar a pais que exigem mais de seus filhos do que deles próprios e, pior, exigem de seus filhos o que nem eles alcançaram. O sucesso (diferente de fama, que as vezes acontece, `as vezes não) está mais na perfomance do caminho do que em estar no pódio.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.