Sábado, 22 de Fevereiro de 2020

O exagero na Páscoa pesa


28/03/2016 às 17:39

Essa última semana foi repleta de correria e estresse e, quando enfim chegou o feriado e o final de semana (quando inclusive trabalhei, mas puramente ossos do ofício), eu estava carregado de ansiedade. E calhou de ser bem na época da Páscoa, olha só que coisa... Não deu outra: mirei, posicionei e enfiei o pé na jaca com tudo! Não só o chocolate, mas por causa de encontro familiares e sociais, acabei reencontrando também algumas poucas fatias de pizza e um hambúrguer. Não tinha muito para onde fugir, mas sejamos justos: o chocolate foi, em sua maioria, diet/zero e a fatia de pizza foi sabor vegetariana (pro hambúrguer não tenho justificativa não, continuemos).

Mas a vida é assim, cheia de altos e baixos e repleta de imprevistos, e sair uma vez ou outra da dieta não me parece um pecado tão grande (se for de vez em quando mesmo, eu sei). Então depois de já estar com o estômago (e a mente) saciados não pude fazer muita coisa senão esperar a semana começar e focar nos exercícios e no retorno à dieta. Mas conversando rapidamente com a endocrinologista Caroline Coimbra e nutricionista funcional Ana Consentini, lembrei de uma das dicas que recebi delas que podem ser úteis, a começar pela ingestão de um suco verde detox que foi incluído no meu cardápio fit. Segundo Ana, tomando no dia seguinte ao exagero cometido, talvez substituindo-o pelo café da manhã, ele reequilibra o organismo através de nutrientes encontrados em frutas e legumes e proporciona uma espécie de recomposição.

Mesmo que o organismo consiga equilibrar o excesso de calorias ao longo da semana, os chocolates, principalmente, são extremamente gordurosos e, quando consumidos em grande escala, podem dificultar a digestão, principalmente por causa dele estar sobrecarregado com altos níveis de açúcar. O mais importante aqui é tentar eliminar essa gordura logo em seguida, no máximo ao longo da semana seguintes, antes que ela se acumule (por isso a pressa em tomar o suco verde detox logo no outro dia). Chás e bastante água também ajudam, pois limpam literalmente o organismo. Alimentos refinados, no entanto, como arroz branco e pão francês, devem ser mantidos longe. Depois deste dia de verdadeiro "cura-ressaca", devo voltar à alimentação equilibrada de forma normal.

Confesso que nunca fui muito fã de nenhuma comida verde (além de sorvete de menta, claro), mas tudo vale a pena se a alma (e a vontade de recuperar a saúde emagrecendo) não é pequena. Conto o resultado no blog!


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.