Segunda-feira, 01 de Março de 2021

Pretende viajar para a Argentina? Confira as regras para entrada de turistas brasileiros

O turista terá que contratar um seguro saúde com cobertura de internação causada pelo coronavírus.


10/11/2020 às 20:25

A pandemia do novo coronavírus obrigou a Argentina a proibir voos internacionais de março até o final de outubro deste ano. Os viajantes vindos do Brasil, Chile, Uruguai, Bolívia e do Uruguai já podem entrar no país vizinho. Mas antes de viajar é importante atender a uma série de exigências. O turista terá que contratar um seguro saúde com cobertura de internação causada pelo coronavírus.

Antes da pandemia do novo coronavírus os brasileiros não precisavam comprovar que tinham um seguro de saúde. O Governo da Argentina também está exigindo o exame PCR negativo para covid-19. O turista precisa entregar preenchido um formulário de saúde. Quem for viajar para o país vizinho não precisará ficar 14 dias de quarentena, o que é exigido por exemplo, na viagens para a Inglaterra.

Mesmo com todas as exigências, cerca de 100 mil brasileiros deverão viajar para a Argentina até 20 de dezembro deste ano. Em Buenos Aires, destino preferido pelos brasileiros, vários atrativos turísticos foram reabertos com vários protocolos sanitários.

Já foram retomados os voos sem escalas para Buenos Aires da LATAM Brasil, da Aerolíneas Argentinas e da Turkish Airlines. A Gol pretende voltar a operar voos para a Argentina somente em março de 2021 e a Azul ainda não definiu a data da retomada dos voos para Buenos Aires.

Quem for viajar de Manaus para Buenos Aires nos meses de novembro e dezembro encontra passagens de ida e volta pela LATAM por R$ 2, 5 mil, valor com todas as taxas incluídas. Acesse aqui essa promoção.

Encontre aqui hotel com desconto em Buenos AIres

Leia aqui outras notícias de viagens e promoções

 

 

 

 

 

 


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.