Sexta-feira, 03 de Abril de 2020

Abençoado isolamento social

É uma triste verdade que hoje em dia precisamos de uma desculpa só para ligar e saber de uma pessoa de quem gostamos, não é?


25/03/2020 às 19:41

O isolamento social por causa do Coronavirus tem as suas vantagens. Desde que me isolei nunca falei tanto ao telefone em uma mesma semana com os meus amigos que moram em distintas cidades do Brasil, Portugal e na Espanha.

Chovem perguntas: “Como é que você está?”, “Como vai isso por lá?”, “Está tudo fechado?”, percebi que as conversas vão muito além da curiosidade o fofoca.

É preocupação, é a saudade a falar. É uma triste verdade que hoje em dia precisamos de uma desculpa só para ligar e saber de uma pessoa de quem gostamos, não é?

Acontece o mesmo com os conselhos: “Protege-te”, “Não te aproximes de ninguém”, “É melhor pedir delivery”, mostram que queremos saber uns dos outros e que nos importamos com os outros, porém em situação normal, preferimos ficar calados e esperar que seja outro quem dê o primeiro passo.

Como imigrante, há anos que não comemoro aniversários com meus irmãos, também não almoçamos os domingos, nem nos juntamos em uma praia no final de semana. As chamadas de vídeo pelo Whatsapp são o que nos aproxima e nos mostra onde estamos, o que fazemos, com quem estamos, e assim por  diante. Então, acho que a migração é um tipo de isolamento. 

Novos conhecimentos

Em casa, o truque para aproveitar o isolamento social é conversar sobre a organização do dia a dia. Por sugestão de meus filhos, utilizamos o aplicativo Trello para distribuir as tarefas de casa e os horários, o saldo é positivo.

Eu nem conhecia o Trello, se trata de um sistema de quadro virtual para gerenciamento de tarefas “considerado a ferramenta de produtividade mais eficiente que existe atualmente para organizar as tarefas de equipes para qualquer projeto e inclusive de forma individual, na vida pessoal“, disse meu filho Andrés.

Foi assim que na planificação desta família, discriminaram-se as tarefas de cada um. Enquanto eu cozinho, um dos meus filhos lava a louça e o outro arruma a mesa.

Meus filhos se converteram em cozinheiros experimentais, valorizam a cordialidade de um abraço e a gentileza de meu cuidado. Eu fiquei viciada nos livros digitais que Carlos, meu amigo português, me deu de presente e valorizo ser lembrada.

Temos tempo para o teletrabalho e cursos online. Também uma hora para uma rotina de exercício em grupo, explicada pelo aplicativo, e de recreio assistindo filmes ou séries. Até fazemos discussões sobre o cardápio das refeições, assunto que há só uns dias era apenas da minha responsabilidade. Nós cantamos na varanda e nos abraçamos, sem pressa.

Amigos é tempo para se reencontrar com os seus amores em casa, para mostrar quanto lhe importam seus amigos e quanto ama a sua família, vamos aproveitar.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.