Terça-feira, 18 de Maio de 2021
Manaus

Abrasel debate plano para reabertura de bares e restaurantes no Eldorado

Reunião aconteceu após início do decreto estadual para evitar aglomerações por 15 dias na área conhecida por transmitir partidas de futebol, e outros eventos



173272342_10225828687648405_7295213472961383291_n__1__FD6D4B55-FE66-4426-A07B-A6EFC225D757.jpg Foto: Arlesson Sicsú
12/04/2021 às 19:56

O presidente em exercício da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Amazonas(Abrasel), Gean Fabrizio, se reuniu com os representantes de bares e restaurantes na tarde desta segunda-feira (12), na praça do caranguejo, Conjunto Eldorado, bairro Parque 10, Zona Centro-Sul de Manaus, para discutirem um plano para que os estabelecimentos voltem a funcionar.

A reunião aconteceu após a determinação do governador do Amazonas, Wilson Lima, de que bares e restaurantes do Conjunto Eldorado estão proibidos de funcionar por 15 dias, a partir desta segunda-feira, após registrar intensa aglomeração.

“Queremos que todos continuem trabalhando seguindo os protocolos de segurança. O intuito dessa reunião é sair daqui com um plano para ser apresentado ao governador, e se aceito, em breve os bares e restaurantes voltarão a funcionar com todas as medidas de segurança”, informou o presidente da Abrasel.



O secretário de Segurança Pública do Amazonas, Louismar Bonates, chegou ao local no momento em que acontecia a reunião e informou que já havia um acordo com a Abrasel, sobre como os estabelecimentos deveriam funcionar, mas não foi cumprido.

“A Abrasel tem sido uma intermediária em favor da abertura dos estabelecimentos e reconhece que o que houve aqui no fim de semana foi um absurdo considerando a saúde da população”. Disse o secretário.

Equipes da CIF coordenadas pela SSP-AM, junto ao Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM) e a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS), interditaram os estabelecimentos no local.

No último sábado (10), bares e restaurantes do conjunto Eldorado foram flagrados pela Central Integrada de Fiscalização (CIF), por descumprirem o decreto governamental. Além da aglomeração no local, outras medidas preventivas foram descumpridas como o uso de máscaras e a falta de proteção de álcool em gel.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.