Sexta-feira, 03 de Abril de 2020
ATITUDE

Arena Amadeu Teixeira recebe moradores de rua como medida de prevenção

Doações poderão ser feitas na bilheteria da Arena, situada na Zona Centro-Sul. Governo do Amazonas espera diminuir letalidade do vírus em grupos de risco



arena-amadeu-teixeira-manaus_1C046081-41F8-4902-8F9A-7AF5C956226F.jpg Foto: Arquivo AC
25/03/2020 às 12:19

A Arena Amadeu Teixeira, situada ao lado da Arena da Amazônia, no bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus, irá funcionar como um abrigo temporário para moradores de rua como medida de prevenção ao avanço do novo coronavírus no estado. O anúncio foi feito pelo governador Wilson Lima (PSC) em um vídeo públicado em suas redes sociais.

"Aqui é um ponto de apoio aos moradores de rua. Aqui eles chegam, participam de um processo de traigem feito pelo pessoal da equipe de saúde para saber se tem sintomas, medir temperatura, se faz parte do grupo de risco. Aqui eles tomam banho, recebem roupas novas, kit de higiene, e tame fazem refeição. Aquels que precisam de abrigo, ficam aqui, mas sem aglomeração".
 

 




O local possui estrutura para atender mais de 200 pessoas todos os dias. Moradores em situação de rua são considerados grupos de risco pela Organização Mundial de Saúde, principalmente os mais idosos.

A primeira morte causada em decorrência do novo coronavírus foi registrada ontem (24) pela Fundação Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS). Estado possui 51 casos confirmados da doença.

Leia mais >>> Wilson contrapõe Bolsonaro e reafirma medidas de isolamento no AM

O governador acrescentou no vídeo que as pessoas podem realizar doações no local, "sem precisar sair do carrro", disse. Isso porquê a bilheteria do local será usada como ponto de drive-thru. "As pessoas podem fazer doações, montamos um drive-thru. Nem precisa sair do carro, é só passar na bilheteria".

O Amazonas decretou estado de calamidade pública nessa segunda-feira (23), e adotou políticas de restrições de circulação, tráfego e trânsito nas rodovias estaduais e federais. O transporte fluvial também está proibido, em todos os casos as exceções são eplicadas aos serviços essenciais. O decreto também estabelece o fechamento do comércio por 15 dias no estado.

 

 

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.