Sábado, 04 de Julho de 2020
Combate

Atalaia do Norte fez o dever de casa e tem baixo índice de Covid-19

Sem óbitos e pacientes internados, o município instalou barreiras sanitárias e cumpre as recomendações de saúde



ess_D3C752D4-C080-4474-B701-C1413B9FC4E8.jpg Barreiras sanitárias controlam a entrada e saída de pessoas. Fotos: divulgação
28/05/2020 às 08:30

Entre os 60 municípios amazonenses com casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), Atalaia do Norte aparece em 59º lugar, com apenas oito casos confirmados até esta quarta-feira (27) e nenhum óbito registrado. O município também não tem nenhum paciente internado com a doença.

A instalação de duas barreiras sanitárias e a distância do município em relação a Manaus (1.136 quilômetros) são algumas razões citadas pela secretária municipal de Saúde, Jucélia Graça, para explicar o baixo índice de incidência da doença no município do Alto Solimões.



Antes da instalação dos postos, havia intensa circulação de pessoas na cidade, principalmente de estrangeiros. “Estamos conseguindo diminuir esse fluxo, inclusive o de pessoas vindas de Tabatinga e Benjamin Constant”, comenta Graça.

As barreiras integram o plano apresentado pelo Comitê de Enfrentamento e Contingenciamento da Covid-19, criado no dia 17 de março, logo depois que a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou que a situação do novo coronavírus SARS-CoV-2 era de pandemia. 

 Foto: divulgação

As barreiras de Atalaia funcionam 24 horas por dia, com profissionais das áreas da Saúde, Defesa Civil, Segurança (Polícia Militar), Transportes (terrestre e fluvial). As ações também contam com parceria das secretarias de Assistência Social, Educação e Administração.

Uma viatura atua na fiscalização das barreiras para garantir o cumprimento dos decretos restritivos de circulação estaduais, federais e municipais.

 Foto: divulgação

Estes últimos estabelecem medidas como o uso de máscaras, isolamento social e coletivo (as pessoas só podem circular até às 15h). Somente os serviços essenciais estão autorizados a prosseguir as atividades após esse período.

Apenas pacientes que estavam em tratamento na capital e que comprovem residência em Atalaia são autorizados a voltar. Além disso, as agências de viagens devem solicitar autorização do executivo município para emitir passagens. 

A qualificação dos profissionais, custeada pela prefeitura, é outro aspecto que auxilia no controle do novo coronavírus em Atalaia do Norte. Uma equipe local recebeu treinamento de funcionários do Ministério da Saúde capacitados pelo programa EpiSUS, que se tornou referência na vigilância epidemiológica no Brasil. Neste ano, a região do Alto Solimões foi contemplada pela iniciativa.

 Foto: divulgação

O grupo é voltado ao atendimento na atenção básica, acompanhando pacientes com sintomas de síndrome gripal. “Ao observamos a piora no quadro respiratório, intervimos de forma médica e prevenimos um possível agravamento”, explica a secretária.

Um profissional da Secretaria Municipal de Saúde, médico ou enfermeiro da atenção básica, e um representante da unidade hospitalar atuam na observação de condutas para os casos positivos de Covid-19 e outras síndromes respiratórias. “Fazemos reuniões independentemente do horário. Acionamos a atenção básica para resolver qualquer situação que se apresente”, acrescentou Graça.

A unidade hospitalar de Atalaia do Norte tem 15 leitos, sendo quatro destinados ao isolamento de pacientes diagnosticados com Covid-19. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, haverá ampliação com a abertura de mais 10 leitos clínicos e 10 leitos para pacientes indígenas.

Cumprindo as determinações

O prefeito de Atalaia do Norte, Nonato do Nascimento Tenazor, ressaltou para a equipe de  reportagem de A Crítica que o município  está atendendo todas as determinações do Governo do Estado e do Governo Federal, bem como as recomendações da  Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Estou muito orgulhoso do comprometimento que nossa equipe está empenhada e seguindo sempre orientações do Governo do Estado”, declarou ele.

Repasses e apoio

Atalaia do Norte recebeu R$ 624 mil de repasses federais e estaduais para o enfrentamento da Covid-19. A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) também enviou 8.805 Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e 620 testes rápidos, além de medicamentos.

News d amorim 845c88c9 db97 48fa b585 f1c0cb967022
Repórter de Cidades
Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Além de A Crítica, já atuou em uma variedade de assessorias de imprensa e jornais, com ênfase na cobertura de Cidades e Cultura.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.