Aumento das mortes

Brasil volta a ter mais de 400 mortes por covid em 24 horas

Número tão alto de óbitos não era registrado desde 13 de novembro. Com mais de 183 mil novas infecções, média móvel de casos atinge recorde pelo oitavo dia consecutivo

DW Brasil
26/01/2022 às 15:00.
Atualizado em 08/03/2022 às 15:59

(Foto: DW Brasil)

Nesta terça-feira (25/01), o Brasil voltou a registrar mais de 400 mortes por coronavírus em 24 horas. É a primeira vez que isso ocorre desde o dia 13 de novembro. Ou seja, há mais de dois meses - ou exatos 74 dias -, o número de óbitos devido à doença não era tão grande no país.

Conforme dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o Brasil teve 487 mortes e 183.722 novos casos de covid-19 confirmados nesta terça. Em 13 de novembro, ocorreram 731 óbitos.

Esses números também indicam que a média móvel de casos dos últimos sete dias chegou a 157.060 e atingiu a maior marca desde o começo da pandemia, em março de 2020. Foi o oitavo dia consecutivo de recorde.

A média móvel de mortes está em 332 por dia - ainda distante do recorde nesse índice, o que ocorreu em abril de 2021, quando os óbitos alcançaram a média de mais de 3 mil por dia.

Com as estatísticas divulgadas nesta terça pelo Conass, o Brasil atingiu 24.311.317 infecções e 623.843 mortes desde o início da pandemia de coronavírus.

Em relação à vacinação, o país tem mais de 148 milhões de pessoas - em torno de 70% da população - imunizadas, ou seja, que receberam ao menos duas doses.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por