Sexta-feira, 29 de Maio de 2020
EXPOSIÇÃO AO VÍRUS

Descumprimento de isolamento por parte de idosos preocupa FVS

Diretora da fundação, Rosemary Pinto, relatou ter visto idosos aglomerados em fila de agência bancária em Manaus



WhatsApp_Image_2020-04-09_at_16.43.59_8A31D8AC-A484-49C3-824C-91E2EA221264.jpeg
09/04/2020 às 16:59

A grande quantidade de pessoas, principalmente de idosos, em filas de agências bancárias e loterias continua chamando a atenção das autoridades de saúde que reiteraram, na tarde desta quinta-feira (9), que a única forma de se evitar o aumento no número casos de coronavírus é o isolamento social. 

Até o momento, o Amazonas registrou 40 mortes e 95 novos casos da Covid-19.  



“Ontem, eu passei na frente de um banco, estava chovendo e tinha uma fila enorme de pessoas que não respeitavam o distanciamento entre uma pessoa e outra, e entre elas, muitos idosos. A maior parte dos nossos óbitos, agora, é de idosos”, destacou a diretora presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Rosemary Pinto. 

Ao todo, o estado registra 899 casos de coronavírus, sendo 800 destes em Manaus e outros 99 no interior do Amazonas. De acordo com ela, a população precisa colaborar com as medidas de segurança como evitar aglomerações o que consequentemente, evitar que mais casos sejam registrados.

“Nós vemos muitas pessoas andando desprotegidas, circulando em vários locais e vemos isso com muita preocupação. Um idoso, que certamente já tem outras morbidades, se expõe desta forma totalmente desprotegido na chuva, sem máscara, e sem respeitar o limite de espaço, está se candidatando a contrair a Covid-19”, disse ela, que recomendou o uso de máscaras de tecido para a proteção. 

Ainda de acordo com Rosemary, não é possível determinar um término para o isolamento social já que o salto no número de casos deve ocorrer na segunda quinzena deste mês até o início de maio.

“Nós estamos com uma curva ascendente de casos e ainda não chegamos a segunda quinzena de abril e a primeira quinzena de maio que é quando nos esperamos um maior numero de casos. Não temos como dizer quanto tempo vai durar isso, vai depender do transcurso da epidemia”. 

Alerta ao grupo de risco

Ao sentir os primeiros sintomas como febre e falta de ar característicos do coronavírus, os grupos de risco como idosos, pessoas com comorbidades, e a agora, as grávidas e puérperas devem procurar de imediato uma unidade de saúde.

Quem não for do grupo de risco e possuir sintomas mais brandos da doença deve permanecer em isolamento e em casa. 

 “Esses idosos ou pessoas que tem comorbidades estão chegando muito tarde nas unidades, muitas vezes com um estado irreversível por isso nós temos tido muitos óbitos. Os grupos de risco que tiver os sintomas devem procurar imediatamente uma unidade de saúde para buscar atendimento médico”, finalizou Rosemary.

News karol 2d8bdd38 ce99 4bb8 9b75 aaf1a868182f
Repórter de Cidades
Jornalista formada pela Uninorte. Apaixonada pela linguagem radiofônica, na qual teve suas primeiras experiências, foi no impresso que encarou o desafio da prática jornalística e o amor pela escrita.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.