Sexta-feira, 10 de Julho de 2020
Atendimento em casa

Em Manaus, médicas fazem atendimento domiciliar a pacientes em quarentena

Médicas passaram a atender em domicílio para que os pacientes não interrompam o tratamento ao mesmo tempo em que seguem a recomendação de evitar aglomeração de pessoas



4fb2b20c-c393-4dd9-9592-5b930e8f7aea_9566915E-D1BF-4535-8EA6-B951E92D11CC.jpg A médica Adriana Mourão conta que a procura por atendimento domiciliar aumentou na última semana por conta da pandemia do Covid-19. Foto: Arquivo Pessoal
23/03/2020 às 16:59

Para ajudar quem está de quarentena em casa por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), mas precisa realizar uma consulta médica, alguns profissionais de saúde de Manaus estão disponibilizando atendimentos domiciliares. Detalhe: sem cobrar a mais por isso.

Entre os profissionais que passaram a atender os seus pacientes em suas residências está a psiquiatra Alessandra Pereira, da clínica Equilibrium Saúde e Bem Estar. A medida foi tomada após ela perceber que houve uma queda na busca pelos serviços desde a semana passada, quando os casos confirmados de coronavírus começaram a avançar pelo Brasil. Cerca de 20 a 30% das consultas foram canceladas ou adiadas - o que, segundo ela, já era esperado.



“Muitos pacientes em tratamento por situações de saúde mental estão com receio de sair de casa, mesmo precisando de alguma avaliação médica psiquiátrica, por não estarem se sentindo bem, pedindo para pegar somente as receitas com o objetivo de não ficarem aguardando na recepção em local com aglomerado de pessoas”, conta Alessandra Pereira.

Atender pacientes em casa não é exatamente uma novidade na vida da médica psiquiatra que iniciou a sua carreira no Programa de Saúde da Família, 21 anos atrás.

“O contato com as pessoas em domicílio ultrapassa os limites da ética, pois envolve respeito por adentrar a intimidade de uma família, empatia, fortalecimento do vínculo profissional e muito carinho pelo que se faz”, diz.

Segundo Pereira, os pacientes estão amando a ideia, e, claro, os atendimentos em domicilio têm seguido as normas do Ministério da Saúde para os profissionais de saúde, como as recomendações dos equipamentos de proteção individual adequados.

“Respeitando todas as recomendações e utilizando desse momento para fazer as orientações sobre a pandemia do covid-19 estamos cumprindo um duplo objetivo: realizamos as consultas psiquiátricas e, além de evitar aglomerações nos consultórios, podemos identificar possíveis sintomas do novo coronavírus e encaminhar o paciente ao hospital”, completou.

Médica da família

Ir à casa dos pacientes já é parte da rotina da médica Adriana Mourão muito antes da pandemia do Covid-19. Sem clínica física e com residência em medicina de família e comunidade, ela conta que, desde a semana passada, houve um aumento na procura de pacientes, principalmente de famílias que têm idosos em casa, pertencentes ao grupo de risco, que estão naturalmente mais preocupados em resguardar os seus familiares.

“Faço em média dois atendimentos por dia, mas, na última semana, houve uma procura maior pelos atendimentos domiciliares. A maioria dos pacientes apresentam sinais gripais e estão preocupados em não se expor em ambientes com outros pacientes com os mesmos sintomas. Até o momento, nenhum paciente apresentou sinais de gravidade”, relata ela.

Ainda de acordo com Mourão, os atendimentos seguem à risca os protocolos de cuidado recomendados pelos órgãos de saúde mundo afora.

“Eu uso máscaras para profissionais de saúde chamada de N95, que impedem a transmissão de gotículas respiratórias. Também higienizo cada equipamento como estetoscópio, otoscópio após cada atendimento, sem deixar de lado, claro, a lavagem constante das mãos e o uso de luvas de procedimentos”, destacou.

News guilherme 1674 2977771b 6b49 41af 859a ef3c3b62eae8
Repórter do caderno Cidades do jornal A Crítica. Jornalista por formação acadêmica. Já foi revisor de texto de A Crítica por quatro anos e atuou como repórter em diversas assessorias de imprensa e publicações independentes. Também é licenciado em Letras (Língua e Literatura Portuguesa) pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.