Segunda-feira, 14 de Junho de 2021
Cronograma

Em Manaus, rodoviários entram no radar da vacinação contra Covid-19

Líder do governo municipal na Câmara, vereador Marcelo Serafim, defendeu hoje que após os professores de ensino fundamental e médio "vem os trabalhadores do sistema de transporte coletivo", no cronograma de vacinação municipal



show_zCID0217-004_p02_8AFAF1F0-3F2E-44EF-AD90-04A87DC42C98.jpg Foto: Arquivo AC
10/05/2021 às 16:30

O vereador e líder do governo na Câmara Municipal de Manaus, Marcelo Serafim (PSB) pediu aos vereadores ligados às áreas de educação e  transporte público que incentivem os profissionais a se cadastrarem no Imuniza Manaus, para que o município tenha uma base de quantas pessoas das áreas determinadas ainda precisam ser vacinados contra Coronavírus.

"Peço aos colegas que tem muita inserção no meio da educação que peçam aos educadores façam seu cadastramento para que, até o final do dia, tenhamos um número mais próximo do real e possamos saber quantos professores ainda faltam ser vacinados, tendo em vista que muitos professores foram vacinados no estudo da Covac e muitos foram vacinados com a Coronavac dentro das comorbidades na cidade de Manaus. Muito provavelmente, o que falta vacinar, entre Semed e Seduc, são cerca de 10 mil professores. Mas, precisamos ter esse cenário para que possamos avançar na imunização dos professores e com isso possamos permitir a volta às aulas", disse o Marcelo.



O vereador informou que, com chegada doses novas e o calendário e, atualmente, a vacinação está contemplando o público de gestantes, já há planejamento para novos ciclos de imunização. "Vamos abrir, em breve, a vacinação para pessoas com deficiência que tem o auxilio do BPC. Também vamos avançar para as pessoas em situação de rua e também para o sistema carcerário, que teremos fazer uma parceria com a Seap( Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) e com a Secretaria de Segurança Pública para que os detentos possam ser vacinados", disse o vereador.

Transporte Coletivo

O vereador Jaildo Oliveira(PCdoB) questionou o líder do governo sobre qual a previsão para a imunização dos trabalhadores do setor de transporte coletivo. "Tendo em vista que o risco deles é muito maior dos que de outros grupos que estão sendo inseridos. As pessoas estão ansiosas pela vacina, ainda mais as pessoas que andam de ônibus. Precisamos levar essa mensagem para os trabalhadores", questionou.

Marcelo Serafim garantiu que após a vacinação dos professores será a vez dos trabalhadores rodoviários. "Após os professores de ensino fundamental e médio vem os trabalhadores do sistema de transporte coletivo. Estamos muito próximos, o mês de maio deverá ter uma grande entrega de vacinas e essas vacinas chegarão aos trabalhadores desse setor mais cedo. Pedimos sua participação para que possamos realizar o cadastramento do sistema de transporte. O cadastro desses servidores deverá ser liberado muito em breve", disse Marcelo.

O líder do governo ainda sugeriu que a vacinação desse público deverá ser realizada na sede das empresas de transporte coletivo. "Seria mais interessante vacinar esses profissionais dentro das garagens. Peço, desde já ao senhor, como presidente do sindicato, que o senhor converse com as empresas para que elas possam pensar em profissionais técnicos de saúde, pois eles devem ter uma área médica dentro das empresas, que possa nos auxiliar nessa vacinação. Se vocês conseguirem nos ajudar com a mão de obra seria mais fácil, porque é complicado levar esse servidor para os postos de vacinação. Se vacinasse nas próprias garagens ganharíamos mais agilidade", disse o líder do governo.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.