Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020
tecnologia

Índia obriga trabalhadores a usar aplicativo de rastreamento de coronavírus

Aplicativo foi baixado cerca de 83 milhões de vezes no total, em um país com uma base de usuários de smartphones de cerca de 500 milhões, segundo o ministério da tecnologia.



000_1Q08D5-660x372_D55FF6BD-4219-4870-BC2E-182A1062E835.jpg Foto: Reuters
02/05/2020 às 14:06

A Índia ordenou que todos os funcionários do setor público e privado usem um aplicativo de rastreamento de contatos e mantenham o distanciamento social nos escritórios, à medida que começa a flexibilizar algumas de suas medidas de bloqueio em distritos menos afetados pelo coronavírus.

O governo do primeiro-ministro Narendra Modi disse na sexta-feira que a Índia, com a segunda maior população do mundo depois da China, estenderá as restrições nacionais por mais duas semanas a partir de segunda-feira, mas permitirá “relaxamentos consideráveis” em áreas de menor risco.



A Índia lançou no mês passado o aplicativo Aarogya Setu, um sistema baseado em Bluetooth e GPS que alerta usuários que podem ter entrado em contato com pessoas que depois testam positivo para Covid-19.

“O uso do Aarogya Setu será tornado obrigatório para todos os funcionários, tanto privados quanto públicos”, disse o Ministério do Interior, na noite desta sexta-feira.

Os chefes das empresas serão responsáveis ​​”por assegurar 100% de cobertura” entre os empregados.

Funcionários do ministério da tecnologia e um advogado que formularam a política de privacidade do Aarogya Setu disseram à Reuters que o aplicativo precisava estar em pelo menos 200 milhões de telefones para ser eficaz em uma população de 1,3 bilhão.

O aplicativo foi baixado cerca de 83 milhões de vezes no total, em um país com uma base de usuários de smartphones de cerca de 500 milhões, segundo o ministério da tecnologia.

O uso obrigatório do aplicativo está levantando preocupações entre os defensores da privacidade, que dizem que não está claro como os dados serão usados ​​e que enfatizam que a Índia carece de leis de privacidade para governar o aplicativo.

Tudo sobre o Coronavírus



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.