Sexta-feira, 15 de Outubro de 2021
Vacinação

Iranduba realiza mutirão de vacinação e meta é alcançar 3 mil jovens

Ação vai até as 17h em três pontos de vacinação para jovens de 12 a 17 anos



iranduba_1E48ABB2-D8D5-4DEC-85F1-6FDA08781018.jpg Foto: Divulgação
21/08/2021 às 12:14

O Governo do Amazonas, em parceria com a Prefeitura Municipal de Iranduba, iniciou na manhã deste sábado (20/08) mais um mutirão de vacinação contra a COVID-19, desta vez para o público de 12 a 17 anos. A campanha Vacina Amazonas tem como meta alcançar três mil jovens com a primeira dose do imunizante no município.

A campanha iniciou às 8h e seguirá até as 17h em três pontos de vacinação da cidade: Praça dos Três Poderes, Escola Estadual Senador João Bosco e Escola Estadual Isaías Vasconcelos. Dez postos de vacinação foram montados em cada um dos três pontos, envolvendo equipes de saúde estaduais e municipais. As vacinas a serem aplicadas são do tipo Pfizer/BioNtech.



A diretora-presidente em exercício da Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), Tatyana Amorim, destacou que além dos profissionais de saúde, a ação ocorre de forma integrada com diversos órgãos, entre eles o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti).

Ela reforçou a importância da campanha de vacinação para intensificar a imunização deste público e também de quem ainda não teve a segunda dose aplicada.

“O alvo são os adolescentes, mas você que ainda não se vacinou pode, porque vai está disponível aqui para a população de Iranduba. Aquele que não vacinou primeira dose, venha vacinar, aquele que está com a segunda dose atrasada, também vem vacinar e, principalmente, aqueles que estão na faixa etária de 12 a 17 anos com e sem comorbidades, também podem vir”, convocou a gestora da FVS-RCP.

O secretário executivo de Assistência do Interior, Cássio Espírito Santo, falou sobre o papel da família nesta etapa de vacinação em jovens.

“Contamos com a participação de todos. É muito importante a população estar procurando. A vacina não é só uma ‘vacina’, é uma dose de esperança, é a solução mais eficaz contra a COVID-19 e que a gente precisa dessa adesão e dessa participação da população”, enfatizou o secretário.

Documentos

Para se vacinar é necessário que o interessado resida no município. Para quem tem mais de 18 anos e irá tomar a primeira dose, é necessário apresentar um documento original com foto com o número do RG, CPF ou cartão do SUS, comprovante de residência (original e cópia).

Jovens entre 12 e 17 anos precisam apresentar os mesmos documentos e deverão estar acompanhados por um responsável maior de idade.

Para os que irão receber a segunda dose é obrigatório apresentar documento original com foto, CPF ou cartão SUS e o cartão de vacinação.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.