Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021
NÚMEROS

Juíza vê inconsistência e manda Semsa vacinar 788 profissionais do 28 de Agosto

Planilha oficial da Semsa Manaus programava 1411 vacinas na unidade, mas apenas 623 foram aplicadas; em despacho, Jaiza Fraxe cogita até intervenção



WhatsApp_Image_2021-01-22_at_10.54.06_CA6E246C-1EED-459C-BC47-A24D48E04D99.jpeg (Foto: Mauro Neto / Secom)
22/01/2021 às 11:00

A juíza federal Jaiza Fraxe, titular da 1a Vara Federal do Amazonas, determinou que a Secretaria Municipal de Saúde faça a vacinação ainda nesta sexta-feira de 788 profissionais do Hospital 28 de Agosto, um dos hospitais públicos de grande porte que atende a casos de Covid-19.

A decisão, tomada em ação que cobra a regularização da oferta de oxigênio nas unidades de saúde do Amazonas, parte de uma diferença encontrada entre as planilhas oficiais da Semsa e o que de fato houve de vacinação de profissionais do 28 de Agosto. A juíza afirma que o hospital solicitou 3 mil doses de vacinas e recebeu apenas 623. No entanto, a planilha oficial da Semsa programa a vacinação de 1411 profissionais da unidade.



"Não cabe à autoridade de saúde municipal, investida há 22 - vinte e dois- dias no cargo, dizer que a Diretora do hospital 28 de Agosto, há 16 anos no comando daquela unidade de saúde está errada. Muito menos lhe cabe o direito de encaminhar 623 doses e consentir sejam lançadas 1411 doses", afirma a magistrada, na decisão. 

Ela, em seguida, determina a aplicação imediata das 788 vacinas que faltam na referida unidade. "No ponto, fica expressamente consignado que HOJE, dia 22 de janeiro de 2021, devem ser aplicadas no mínimo as doses programadas pela SEMSA ao H. 28 de agosto, com a planilha juntada aos autos. CLARAMENTE FALTAM NO MÍNIMO 788 DOSES NAQUELE HOSPITAL PÚBLICO, QUE ESTÁ 24H DE PORTAS ABERTAS AOS PACIENTES COM COVID", diz a magistrada. (Nota do editor: Optamos, no texto jornalístico, por manter a caixa alta presente no despacho por entender que ele dá a conotação real da fala da magistrada nos autos).

Jaiza Fraxe abre ainda a possibilidade de decretar uma intervenção na saúde municipal para regularizar a distribuição das vacinas contra a Covid-19 caso "a inconsistência de dados persistir e a suspeita de desvio de vacinas continuar".

A reportagem procurou a Semsa sobre os trechos da decisão judicial e aguarda posicionamento, que será incluído tão logo seja enviado. 

*Mais informações em instantes

News whatsapp image 2019 06 22 at 17.28.20 a187bead 9f3c 42a6 86d0 61eb3f792e97
Jornalista de A CRÍTICA
Jornalista de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.