Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2022
Imunização

Manaus começa a vacinar pessoas de 50 a 54 anos com comorbidades

A nova etapa da campanha acontece em sete pontos montados pela Semsa e de acordo com o agendamento eletrônico do 'Imuniza Manaus'



imuniza__o_de_50_a_54_anos_04448B17-C658-40E3-92E5-BF46AF86D2CE.jpg Foto: Junio Matos
03/04/2021 às 10:51

O dia da vacinação contra a Covid-19 chegou para as pessoas de 50 a 54 anos com comorbidades, neste sábado, em Manaus. A nova etapa da campanha acontece em sete pontos montados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e de acordo com o agendamento eletrônico do “Imuniza Manaus”.

A trabalhadora rural Maria Edna Oliveira Ferreira, 53, esteve acompanhada do filho, o militar Ricardo Oliveira Nascimento, 26. Os dois chegaram por voltada das 6 horas na Universidade Paulista (Unip), bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul, um dos pontos de vacinação na capital.



Eles estavam na expectativa pela data da imunização por que moram em uma casa com doze pessoas, onde o risco é alto para a contaminação pelo vírus.

"Eu tive sintomas da doença, fiquei bem mal e tive medo de ser intubada e morrer, não vou mentir", conta ela, que tem como comorbidade a diabetes mellitus. "Hoje é um dia muito esperado pela minha familia e eu nem consegui dormir direito. Tomar a vacina é prolongar a vida e estou muito feliz por que aconteceu".

Foto: Junio Matos

O filho dela fez questão de registrar o momento por meio de fotos. "A gente da família tinha muito medo de acontecer o pior por causa da doença dela, porém com a vacinação, já sinto mais alívio", afirmou Ricardo Oliveira.

O garagista de estacionamento Antônio Souza Paiva, 50, também foi um dos primeiros a receber a imunização. "Eu estava ansioso. Quando eu soube da vacinação, já comecei a me preparar, bater xerox dos meus exames para deixar tudo pronto para hoje", disse ele, relembrando que teve Covid-19 há dois meses. "Eu torço mesmo é para que esse vírus vá embora", brincou.

Foto: Junio Matos

Critérios

A imunização do público de 50 a 54 anos de idade abrange comorbidades como cardiopatias, diabetes mellitus e obesidade mórbida (IMC > 40).

Para ser vacinada, a pessoa que se enquadra nas condições definidas deve apresentar laudo (original e cópia) que comprove a doença preexistente, além de documento de identificação com foto e CPF. No caso dos diabéticos, é válido como documento de comprovação, receita médica (original e cópia) do SUS ou da rede particular.

E para os que têm obesidade mórbida, pode ser apresentada declaração (original e cópia) de comprovação de IMC (índice de massa corpórea) igual ou maior que 40, emitida por profissional médico ou por qualquer outro profissional da saúde, de nível superior, como enfermeiro, nutricionista, farmacêutico e educador físico.

Além dos que têm entre 50 e 54 anos, com uma das três doenças contempladas, a Semsa segue com a vacinação de primeira dose dos que têm entre 55 e 59 anos nas mesmas condições de saúde e dos que têm acima de 60 anos, que por algum motivo não puderam se vacinar antes.

Imunização no Amazonas

De acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), os dados parciais do Programa Nacional de Imunização apontam que 566.815 doses foram aplicadas em todo o estado até esta sexta-feira (02/04), sendo 434.258 de primeira dose e 132.557 de segunda dose.

News karol 2d8bdd38 ce99 4bb8 9b75 aaf1a868182f
Repórter de Cidades
Jornalista formada pela Uninorte. Apaixonada pela linguagem radiofônica, na qual teve suas primeiras experiências, foi no impresso que encarou o desafio da prática jornalística e o amor pela escrita.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.